Rock in Rio dá lugar a festival de música eletrônica

No lugar do Rock in Rio 4, o RioParade 1, reunindo 500 mil pessoas e 120 DJs na praia de Copacabana, na zona sul, em 19 de janeiro de 2003, véspera de SãoSebastião, santo da igreja católica que protege e dá nome ao Rio de Janeiro. É o que promete o empresário Roberto Medina que,no entanto, não descarta a possibilidade de realizar a quarta versão de seu festival. "Isso é como um sonho que a gente tem.Fica burilando a idéia até ter condições de realizá-la", disse um assessor de Medina. "Pode ser em 2003 porque o ano tem12 meses, mas não será em janeiro, como nas outras edições, porque nem dá tempo de organizar, ainda mais com o dólar a R$3,20."Já a organização da Rio Parade vai a pleno vapor. A festa é cópia da que é realizada anualmente em Zurique, naSuíça, e em Berlin, na Alemanha, e consiste em um desfile de 30 trios elétricos das 14 às 22 horas pela orla deCopacabana. No lugar de música baiana, o som é eletrônico: techno, drum?n bass, house, trance e outras denominações quesurgirem até lá. Em frente ao Copacabana Palace e à Rua Bolívar (no início e no fim da praia) haverá palcos para apresentaçõese, ao longo da Avenida Atlântica, camarotes para vips.Até o fim do mês, Medina deve anunciar os nomes dos patrocinadores e dos DJs que se apresentarão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.