Roberto Carlos visita Muro das Lamentações e é saudado por rabino-mór

Cantor chegou ao local por volta das 16h, após passar pelo Cardo Bizantino, ruínas da antiga Jerusalém do século 6 antes de Cristo

Jotabê Medeiros, enviado especial,

04 de setembro de 2011 | 13h57

De quipá, cercado por policiais e repórteres (as mulheres tiveram de ver de longe, por causa da tradição judaica), o cantor Roberto Carlos causou frisson na tarde deste domingo em Jerusalém, ao visitar um dos lugares mais sagrados dos judeus, o Muro das Lamentações.

Roberto chegou ao local por volta das 16h, após passar pelo Cardo Bizantino, ruínas da antiga Jerusalém do século 6 antes de Cristo (no dia anterior, fora ao Santo Sepulcro; amanhã, ruma para o deserto, num mosteiro armênio).

O rabino-mór de Jerusalém, Shmuel Rabinovich, de surpresa, foi ao seu encontro e o saudou, disse que a voz de Roberto era privilegiada."Espero que todas as rezas que você fez aqui recaiam sobre ti e para quem você rezou", disse Rabinovich.

Roberto ficou com os olhos marejados. As filmagens que fez nos locais sagrados são para o especial da Globo que será exibido no dia 10, após a novela das nove.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.