Roberto Carlos se junta a Jennifer Lopez e lança nova música em dueto; ouça ‘Chegaste’

Roberto Carlos se junta a Jennifer Lopez e lança nova música em dueto; ouça ‘Chegaste’

Vídeo da faixa, que conta com a cantora norte-americana cantando em português, será exibido no especial de fim de Roberto Carlos na TV Globo

O Estado de S. Paulo

16 Dezembro 2016 | 12h29

Roberto Carlos e Jennifer Lopez lançam nesta sexta-feira, 16, o resultado de uma colaboração que, já na primeira audição, mostra ser um hit. O brasileiro e a norte-americana, em parceria, gravaram a inédita Chegaste – ouça no player abaixo. 

A canção, uma balada sobre o encontro de um “amor sincero” e sem aviso, foi produzida por Julio Reyes Copello, cujo currículo inclui trabalhos com ícones latinos, como Alejandro Sanz, Ricky Martin e o brasileiro Alexandre Pires. 

Roberto e JLo gravaram a canção juntos, em um estúdio em Los Angeles. A música originalmente é de Kany García, cantora porto-riquenha. A versão em português foi criada pelo próprio Re e também marca a primeira vez na qual JLo se arrisca a cantar na nossa língua. 

O videoclipe de ‘Chegaste’, que chega com sabor de hit, será lançado no especial de fim de ano de Roberto Carlos na TV Globo, no ar em 23 de dezembro. 

Ouça ‘Chegaste’ e, abaixo, confira a letra da música:

Tanto tempo já vai caminhando e ainda me pego recordando

Lágrimas rolaram dos meus olhos, enxuguei mais de uma vez

Tenho algumas marcas que ficaram em meu sorriso nesses anos

E também lembranças tão bonitas que o tempo não desfez

Quem diria que você viria sem dizer que vinha?

Porque nunca é tarde

Para apaixonar-se

Chegaste

Senti na minha boca um: 'te quero'

Como um doce com caramelo

Necessitava um amor sincero

Chegaste

E ouvi da tua boca um: Te quero

Pra se apaixonar, sempre é tempo

Necessitava um amor sincero

E agora que eu conheço os caminhos que me levam pros seus braços

Agora que o silêncio é uma carícia que a felicidade traz

Você e o seu sorriso iluminam minha vida e meus espaços

E chega me dizendo num sorriso: 'não me deixe nunca mais'

Quem diria que você viria sem dizer que vinha?

Porque nunca é tarde

Para apaixonar-se

Chegaste

Senti na minha boca um: ‘te quero’

Como um doce com caramelo

Necessitava um amor sincero

Chegaste

E ouvi da tua boca um: ‘te quero’

Pra se apaixonar, sempre é tempo

Necessitava um amor sincero 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.