Roberto Carlos reserva dinheiro para possível condenação

O advogado do cantor Roberto Carlos reapresentou hoje uma carta de fiança à Justiça, pela qual ficam garantidos R$ 3,8 milhões para pagar o compositor Sebastião Braga, que processa Roberto Carlos por plágio. A existência de uma carta de fiança significa que Roberto Carlos aceita pagar a Braga o que a Justiça determinar caso seja condenado, e deixa reservados para este fim os R$ 3,8 milhões. O dinheiro agora comprometido na Justiça não pertence a Roberto Carlos, e sim ao banco Itaú, fiador do "Rei". Em sua ação inicial, Sebastião Braga pede R$ 2,6 milhões.Sebastião Braga é autor da música Loucuras de Amor. Perícias judiciais já provaram que a canção de Braga foi plagiada por Roberto Carlos na canção O Careta, gravada em 1987. Os recursos movidos pelos advogados do cantor apenas manifestaram discordância quanto ao valor pedido como indenização ? R$ 2,6 milhões."Ele (Roberto Carlos) não está se negando a pagar nada. Está sendo acusado de procrastinação, de causar a demora do processo, mas foi aos autos antes de ser chamado. A citação de domingo (da juíza Maria Leonor Baptista Jordan, que expediumandado de citação para que o cantor efetuasse no prazo de 24 horas o pagamento) foidesnecessária", disse Alexandre Varella, advogado do cantor.Sebastião Braga afirma que a apresentação de uma carta de fiança é uma "chicana jurídica" docantor para dificultar o processo. "Nós vamos impugnar. Por que entrar na briga com um banco se quem deve é ele?", questiona o compositor. "O Roberto Carlos tem barcos, imóveis, carros e outros bens que vêm antes da carta defiança na ordem de preferência legal do Código de Processo Civil. Ele está brincandocom coisa séria e demonstrou má índole ao longo desses 15 anos. Além de plagiar, eleage de má fé, o que é uma decepção para seus fãs. O mal do esperto é achar que todomundo é bobo", disse. O advogado de Roberto Carlos sustenta que a apresentação de carta de fiança é um mecanismo legal que, segundo ele, já foi aceito como prioritário em outras ações movidas no Tribunal de Justiça do Rio. Varella afirma que o cantor recebeu menos de R$ 50 mil com a música O Careta e, por isso, discorda do valor estabelecido pela Justiça na ação de plágio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.