Roberto Carlos começa show com 'Emoções'

Uma multidão lota a praia de Copacabana para prestigiar show de fim de ano do rei

O Estado de S. Paulo,

25 de dezembro de 2010 | 09h12

Com a música "Emoções", Roberto Carlos começou o show na noite deste sábado, 25,  para uma multidão que lota a praia de Copacabana, no Rio. O publico espera um repertório bastante modificado por conta dos convidados: o grupo Exaltasamba, a dupla Bruno & Marrone, a cantora Paula Fernandes e a bateria da Escola de Samba beija-flor de Nilópolis.  

   

"Mas as músicas que o público espera ouvir, Emoções, Detalhes, Jesus Cristo, todas essas estarão lá", diz o maestro Eduardo Lages, que rege a orquestra do Rei. O show terá cerca de duas horas de duração e 17 músicas. Por conta da transmissão ao vivo da Rede Globo, a "minutagem" (tempo de duração de cada canção) tem de ser precisa, e o maestro Lages ainda quebrava a cabeça ontem para escolher as três músicas "novas" que seriam incluídas no programa (três canções do seu repertório que Roberto habitualmente não costuma cantar, o que já é boa notícia em si).

 

Rei seguiu show com a música "Além do horizonte"                         Foto: Fábio Motta/AE

 

Os números musicais são os seguintes: a escola de samba Beija-Flor de Nilópolis vai cantar o enredo com o qual homenageará na avenida, em 2011, o cantor mais popular da música brasileira, Roberto Carlos. Paula Fernandes vai cantar com Roberto um pot-pourri de canções da Jovem Guarda, aquele que tradicionalmente evoca o passado mais juvenil do Rei. Já o Exaltasamba vai cantar a música O Rei na Beija-Flor, que Erasmo Carlos, Paulo César Valle e Eduardo Lages compuseram para o cantor (a escola de samba acompanhará os pagodeiros). "Quando eu estou aqui, eu vivo esse momento lindo/Sentindo a emoção da multidão/E a Beija-Flor sorrindo", diz a letra. O vocalista é Péricles.

 

Um dado curioso a se observar é se a RC9, a banda de Roberto, vai contar com o músico Aristeu Reis. O violonista teve um tipo de stress emocional em Fortaleza, e desapareceu no dia 11. A banda teve de fazer o show sem a participação de Aristeu, que foi localizado, horas depois, a 40 quilômetros dali, vagando a esmo.

 

Um milhão de pessoas era uma estimativa generosa demais, mas não menos do que 500 mil fãs são aguardados na orla de Copacabana, na frente do hotel Copacabana Palace, para ver o show de Roberto Carlos. Ainda assim, deverá ser o maior público da carreira do cantor. O palco tem 19 metros de altura, a estrutura já está erguida e contará com 80 refletores, apontados para o palco e o público.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.