Roberto Carlos canta "Emoções" em versão blues

Nos últimos 24 anos, o maestro Eduardo Lages tem sido o autor dos arranjos da maior parte das canções do repertório de Roberto Carlos. É ele quem traduz na orquestração a emoção que Roberto busca em suas músicas. Para a gravação, ontem, no Rio, do Acústico MTV com Roberto Carlos, Lages fez os arranjos de sete das canções escolhidas para o repertório. Ele falou ao Jornal da Tarde sobre sua participação no Acústico e sobre a longa convivência com o Rei.Como foram seus arranjos para o Acústico MTV?Ficaram bem mais leves. Normalmente as músicas dele têm arranjos grandiloqüentes. A pedido do Roberto fiz algo bem mais...light, digamos assim.Que canções o sr. rearranjou para o especial?Foram as seguintes: Olha, Detalhes, É Preciso Saber Viver, Te Amo, Te Amo, Te Amo, Grude e Além do Horizonte.Na sua opinião, qual delas causará maior surpresa? Acho que será o de Emoções. As pessoas estão acostumadas a ouvir essa música com um arranjo de banda. Para o Acústico fiz algo em blues, só com cordas, piano e contrabaixo.Como o sr. conheceu Roberto Carlos?Eu era maestro e diretor musical do programa Globo de Ouro, da TV Globo, e sempre encontrava o Roberto por lá, pois ele não saía das paradas de sucesso. Nós nos conhecemos durante as gravações, mas só começamos a trabalhar juntos em 1977, num show no Canecão, no Rio. O maestro Chiquinho de Morais, que fazia os arranjos dele, teve de se ausentar e eu o substituí.Ele gostou do meu trabalho e foi me testando, primeiro em shows, depois também nos discos. Como ele optou por sempre usar orquestra, em shows e em discos, fui ficando, e me tornei uma parte importante de sua música. Agora são 24 anos juntos, mais de 2000 shows, 20 especiais de TV e 15 álbuns gravados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.