Robbie Williams gostaria de voltar ao Take That, diz 'The Sun'

'Gostaria de pensar que seríamos a única banda na história que se une por diferenças artísticas', diz cantor

Efe,

11 de dezembro de 2008 | 15h57

O cantor Robbie Williams parece ter um grande interesse em voltar a fazer parte do grupo musical britânico Take That, do qual se separou em 1995, informou nesta quinta-feira, 11, o jornal The Sun. "Adoraria", disse Williams sobre um possível retorno ao grupo, e acrescentou: "Eu gostaria de pensar que seríamos a única banda na história da música que se une por diferenças artísticas". Segundo o jornal, o cantor fez uma tatuagem com a imagem do Take That no braço direito, em sinal de apoio a seus ex-companheiros, que estão fazendo sucesso com a canção Greatest Day, segunda na lista dos discos mais vendidos no Reino Unido. As hipóteses de um retorno de Williams ao grupo aumentaram após ser divulgado que o artista comprou uma casa de campo no condado de Wiltshire, sul da Inglaterra, pela qual pagou sete milhões de libras (oito milhões de euros), acrescenta o rotativo. O artista, de 34 anos, mora há cinco anos em Los Angeles, Estados Unidos. O The Sun afirma ainda que Williams e o cantor Gary Barlow tiveram conversas formais sobre a possibilidade de gravar um único DVD como uma reunião especial do Take That. Os dois conversaram quando se encontraram em novembro durante um jogo de futebol do clube inglês Arsenal. Williams ressaltou que ele e os integrantes da banda amadureceram desde a separação e acrescentou que gostou muito do novo álbum do grupo, The Circus.

Tudo o que sabemos sobre:
Robbie WilliamsTake That

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.