Ringo Starr e viúva de George Harrison aprovam filme de comédia com Beatles

Ringo Starr e viúva de George Harrison aprovam filme de comédia com Beatles

'Yesterday', do diretor britânico Danny Boyle, imagina mundo em que banda nunca existiu

Redação, Reuters

19 de junho de 2019 | 14h09

Você consegue imaginar um mundo sem os Beatles? Esse é o cenário em que o diretor britânico Danny Boyle pede para a audiência acreditar em seu novo filme, Yesterday.

A comédia, que chega aos cinemas na próxima semana, conta a história do músico britânico Jack, que acorda após um acidente de trânsito e se descobre em uma linha do tempo alternativa, na qual apenas ele consegue se lembrar da banda dos anos 1960.

Boyle, que ganhou um Oscar pelo filme Quem Quer Ser um Milionário?, de 2008, disse que a banda permitiu o uso das músicas no filme apesar de ser um enredo em que “eles literalmente são apagados da consciência mundial”.

“Acho que eles (Beatles) devem ter amado a ideia — o quão peculiar a ideia era. Ela apela ao senso de humor deles, acredito”, disse Boyle no tapete vermelho da pré-estreia do filme em Londres, na terça-feira.

“Isso é tão típico do senso de humor deles —e de sua coragem também—, porque eles são experimentadores. Então acho que eles gostam do fato de que é um pouco fora da curva”, acrescentou.

Boyle disse que Ringo Starr e a viúva de George Harrison assistiram ao filme e enviaram recados de apoio.

Sobre Paul McCartney, Boyle disse: “Não acho que Paul tenha visto o filme, mas ele viu o trailer e disse ‘Oh, isso parece funcionar!’”.

Boyle afirmou que também escreveu a Yoko Ono, viúva de John Lennon.

Ed Sheeran, cantor e compositor britânico, também participa do filme, interpretando si mesmo, como pessoa que ajuda Jack, interpretado pelo ator Himesh Patel, a recriar alguns dos maiores sucessos da banda, o que faz a carreira do jovem decolar.

O elenco reúne nomes como Lily James, Kate McKinnon e James Cordem, e o roteiro foi escrito por Richard Curtis, responsável por Simplesmente Amor. Yesterday chega aos cinemas mundiais em 26 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.