Sony Music Latin
Sony Music Latin

Ricky Martin surpreende fãs com lançamento do álbum 'Pause'

'Pela primeira vez na minha carreira, eu queria entregar o álbum dessa maneira e que o fator surpresa fizesse sua mágica', disse o cantor

Por Lucila Sigal, Reuters

29 de maio de 2020 | 13h22

Ricky Martin surpreendeu seus fãs ao lançar um álbum chamado Pause, que tem colaborações com músicos como Sting e Bad Bunny, e pode ser ouvido em todas as plataformas digitais, no momento em que parte da população mundial está trancada em suas casas devido à pandemia de coronavírus.

“No momento em que recebi as músicas masterizadas, senti que não queria seguir o processo tradicional de lançar um álbum, ou seja, esperar semanas e fazer uma grande divulgação”, disse o cantor porto-riquenho, de 48 anos, em comunicado divulgado na quinta-feira.

“Pela primeira vez na minha carreira, eu queria entregar o álbum dessa maneira e que o fator surpresa fizesse sua mágica. O que você encontrará neste EP é transparência, pureza, romantismo, nostalgia e muita vida”, acrescentou.

No álbum, o músico mostra seu lado mais vulnerável e introspectivo, sem se enquadrar em nenhum gênero musical, depois de encontrar inspiração em suas emoções e experiências vividas nos últimos meses, informou a Sony Music.

“É uma ganho de consciência sobre o amor como a maior riqueza humana”, acrescentou.

Ricky Martin junta sua voz à de estrelas da música como Sting, Residente, Bad Bunny, El Cigala, Pedro Capó e Carla Morrison.

Pause, que inclui a música Sing it (com Resident e Bad Bunny) e a versão original de Sharks, terá uma segunda parte intitulada Play, focada em temas mais rítmicos.

Juntamente com o lançamento do álbum, a Fundação Ricky Martin iniciou uma segunda parte de seus esforços de ajuda humanitária para assistir comunidades vulneráveis em Porto Rico e na República Dominicana, que estão sob alto risco de covid-19 e desastres naturais.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Ricky Martinmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.