Ricky Martin encerra turnê no Madison Square Garden

Com a casa cheia, cantor porto-riquenho encanta a platéia com sucessos como 'Pégate' e 'This is Good'

EFE,

15 Outubro 2007 | 11h17

O Madison Square Garden vibrou, no domingo, 14, com a última apresentação do cantor porto-riquenho Ricky Martin em sua turnê Black & White, que o levou a 16 países na América Latina, Europa e Ásia, além de Canadá e Estados Unidos.   A turnê Black & White foi marcada pela variedade e a fusão dos diferentes ritmos musicais que influíram na carreira do cantor, além dos efeitos especiais, uma espetacular coreografia e a música sob direção do cubano David Cabrera.   Sorridente, cheio de energia e com os sensuais movimentos que contribuíram para sua fama internacional, o porto-riquenho enlouqueceu os fãs que lotaram o famoso Madison Square Garden, em Nova York, com capacidade para 20 mil pessoas.   Ricky Martin subiu ao palco acompanhado por oito dançarinos para levar a platéia ao delírio com sucessos como Pégate e Por Arriba, por Abajo, além de sua primeira música em inglês, This is Good.   Durante aproximadamente duas horas de show, o cantor porto-riquenho, que este ano recebeu quatro indicações ao Grammy Latino por seu álbum Ricky Martin: MTV Unplugged e uma para o prêmio MTV América Latina, relembrou sucessos de sua vitoriosa carreira e de seu álbum acústico.   Ricky Martin fechou sua apresentação com a música Tu Recuerdo, e em seguida viajou em seu jato particular para Los Angeles.   Na próxima terça-feira, 16, o porto-riquenho será homenageado com uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, um evento que contará com a presença do prefeito de Los Angeles, Antonio Villarraigosa e da atriz de origem porto-riquenha Rita Moreno.

Mais conteúdo sobre:
Ricky Martin Madison Square Garden

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.