Richard Ashcroft, ex-vocalista do Verve, vai para a prisão

O ex-vocalista da banda inglesa The Verve, Richard Ashcroft, foi preso na última segunda-feira pela polícia britânica, depois de entrar alcoolizado em um centro comunitário infantil no sul da Inglaterra, o The Bridge Club de Chippenham, e se oferecer aos gritos para trabalhar com as crianças.Ascroft foi liberado poucas horas depois, mas deve pagar uma multa de US$150 por desordem pública. "Ele estava totalmente alcoolizado e a ponto de chorar. Uma hora, começou a dizer que queria trabalhar com as crianças, que tinha que fazer ´coisas boas´", disse uma testemunha para jornalistas do The Sun. "Não se comportou de maneira agressiva. Pelo contrário, estava bastante amistoso e tranqüilo. Abraçou alguns funcionários e crianças", acrescentou.Quando a polícia chegou ao local, foi preso imediatamente. "Pediram para que ele se acalmasse, mas ele se negou. Então, começou a se comportar de maneira agressiva com a polícia e começou a agredi-los verbalmente. Um dos oficiais chamou uma patrulha e, o levaram", disse a testemunha. O The Verge, grupo originário de Wigan, no Reino Unido, lançou o primeiro álbum em 1992, Verve EP. Entre os maiores sucessos da banda estão os hits Bitter Sweet Symphony, The Drugs Don´t Work e Sonnet

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.