Remédio contra o alcoolismo foi encontrado no corpo de Amy Winehouse

Remédio contra o alcoolismo foi encontrado no corpo de Amy Winehouse

Segundo Mitch Winehouse, cantora morreu após sofrer convulsões durante tratamento de desintoxicação

estadão.com.br,

12 de setembro de 2011 | 11h49

SÃO PAULO - Droga para combater o alcoolismo foi encontrada no corpo de Amy Winehouse, é o que diz Mitch Winehouse, pai da cantora, em uma entrevista para um talk show da CNN, que vai ao ar nesta segunda-feira, 12.

 

Mitch Winehouse alegou que o medicamento, de nome Librium, tinha prescrição médica e ajudava na desintoxicação do organismo. Segundo o pai de Amy Winehouse, ela vinha sofrendo convulsões durante o período de abstinência de drogas e álcool e que essa é a provável causa de sua morte. "Ela fazia tudo em excesso e acabou usando os medicamentos contra a dependência em excesso também", diz.

 

Amy Winehouse foi encontrada morta em 23 de julho em sua casa em Londres. A cantora tinha 27 anos e sofria com o vício em drogas e álcool. Exames no corpo não indicaram presença de toxinas ilícitas, mas resquícios de álcool, mas não foi possível concluir se a presença da substância influenciou sua morte. A família acredita que Amy Winehouse faleceu por conta da abstinência e alega que ela estava há semanas longe dos vícios.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.