Hilary Scott/The New York Times
Hilary Scott/The New York Times

Relembre 5 gravações de Jessye Norman

Soprano americana morreu na manhã desta segunda-feira, aos 74 anos; confira vídeos de suas interpretações

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2019 | 09h50

A soprano Jessye Norman, que faleceu na manhã desta segunda-feira, aos 74 anos, deixa um legado que a consagrou como uma das principais cantoras líricas da sua geração.

Com um início de carreira interpretando Mozart e Verdi na Europa, Jessye começou as suas apresentações nos Estados Unidos anos mais tarde e passou a ser convidada para se apresentar em momentos marcantes da história americana, como na cerimônia pelas vítimas do 11 de setembro, em março de 2002. “O que a arte pode fazer em momentos como esse? Ela é capaz de ajudar as pessoas entenderem o que estão sentido. E esse é o primeiro passo, sempre”, disse em uma entrevista ao Estado em 2010.

Na ocasião, comentou ainda sobre a sua versatilidade. Jessye gravou também diversos discos de jazz, cantava música popular e as chamadas spirituals. "No final das contas, na hora de escolher o que cantar, eu me faço apenas uma pergunta: posso falar das profundezas do meu ser com essa canção, com esse papel de ópera? Se posso, canto”, contou.

Confira 5 interpretações da soprano:

Strauss 

Scandalize My Name - com Kathleen Battle 

When I Am Laid In Earth

Dialogues des Carmélites

Great Day

Tudo o que sabemos sobre:
Jessye Normanóperamúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.