Regulamento do 4º Prêmio Visa Instrumental

O 4º Prêmio Visa de Música Popular Brasileira, Edição Instrumental, volta a privilegiar os instrumentos, após a 2ª edição ter sido dedicada aos intérpretes e a 3ª edição aos compositores. Em 2001, a Visa do Brasil e a Rádio Eldorado fazem um tributo a um dos maiores compositores brasileiros: Antônio Carlos Jobim. O prêmio reforça seu objetivo em abrir portas para o músico brasileiro, estimular seu reconhecimento e colaborar para o aprimoramento da Música Popular Brasileira. Como nas demais edições do Prêmio, a coordenação e realização estão à cargo da Rádio Eldorado.Candidatos - Poderão se inscrever candidatos brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil comprovadamente há mais de dez anos, sem limite de idade. Apenas não poderão se inscrever parentes diretos de membros da Diretoria da Visa do Brasil ou de funcionários da Rádio Eldorado, diretamente vinculados ao Prêmio, assim como os classificados nos três primeiros lugares da edição anterior do Prêmio Visa de MPB, edição instrumental. Os candidatos poderão se inscrever individualmente ou em conjuntos de no máximo cinco integrantes. Nas inscrições em conjunto, os membros do grupo deverão se manter os mesmos por todo o desenrolar do Prêmio, exceto em casos de doença ou impedimento grave, à critério da organização.Inscrições - As inscrições deverão ser feitas por Sedex até o dia 15 de janeiro de 2001, tomando-se por base o carimbo dos Correios, no seguinte endereço: Rua Pires da Mota, 830 - 1º andar, Aclimação, São Paulo - SP, CEP: 01529-000.Os candidatos deverão enviar gravação em fita cassete ou CD, com quatro músicas, não devendo cada uma delas ultrapassar 5 (cinco) minutos de duração. Não há limitação de gênero ou época, desde que todas as músicas estejam vinculadas à tradição musical brasileira. No mínimo duas deverão ser músicas conhecidas do repertório brasileiro, não importando gênero ou época.A fita ou CD deverá ser identificada por um pseudônimo escolhido pelo concorrente, que não permita sua identificação. Na caixa da fita ou CD deverão estar especificados os nomes das músicas e seus autores, assim como o pseudônimo do concorrente. Em envelope fechado, identificado apenas pelo pseudônimo do candidato, deverão constar: nome completo, nome artístico (se houver), endereço completo, incluindo CEP, telefones para contato, data e local de nascimento. Nos casos de conjuntos deverão estar relacionados todos os integrantes; o primeiro relacionado será o responsável por todos os contatos com a organização do Prêmio.O envelope do Sedex deverá ter como remetente parente ou amigo do concorrente, evitando sua identificação.Critérios de Julgamento- Os membros do júri serão orientados, em todas as fases do concurso, por meio dos critérios abaixo:Não será dado valor especial a composições próprias. Também não estará em questão a qualidade do arranjo ou dos músicos acompanhantes.Apenas o concorrente será avaliado. A obrigatoriedade de execução de composições conhecidas do repertório brasileiro visa permitir ao júri a avaliação da correção e originalidade da interpretação.Para os conjuntos, deverá ser avaliada a proficiência média de todos os membros, e não apenas de seus integrantes que mais se destaquem.É recomendável que o repertório seja variado e expressivo. A mudança de repertório em cada fase do concurso, demonstrando a versatilidade do concorrente, será considerada favoravelmente.Acompanhamento Instrumental - Os concorrentes individuais poderão se apresentar como solistas ou com as seguintes opções de acompanhamento:a)Trazer seus acompanhantes (no máximo quatro), havendo para tanto uma ajuda de custos padrão.b)A Organização do Prêmio coloca à disposição do concorrente um grupo musical de alta competência, com no máximo quatro integrantes, em todas as apresentações.Fases de Seleção - O 4º Prêmio Visa de MPB - Edição Instrumental é constituído de três fases de seleção, por meio de recitais públicos, após a fase inicial de seleção das fitas recebidas.Seleção Inicial - Após o término das inscrições, será feita triagem dos candidatos por um júri interno, que selecionará no máximo 24 candidatos e 3 suplentes. O júri interno só terá acesso aos pseudônimos dos candidatos.Após a seleção inicial, só serão abertos os envelopes correspondentes aos candidatos e suplentes selecionados, mantendo-se os demais concorrentes não selecionados em anonimidade.Em fevereiro de 2001, será divulgada a relação dos candidatos escolhidos para as apresentações públicas, conforme datas e locais determinados pela Comissão Organizadora.Mudanças nas datas de apresentação poderão ser solicitadas à Comissão Organizadora em caso de impedimento por razões graves, a pedido dos concorrentes ou para a solução de eventuais problemas técnicos.I Fase - seleção dos semifinalistas - A fase I consta de seis recitais públicos com o objetivo de selecionar 12 semifinalistas, o que será feito por um júri composto de cinco integrantes, escolhidos entre personalidades renomadas da atividade musical. Os 24 candidatos concorrerão entre si, não havendo um número fixo de semifinalistas escolhidos pelo júri em cada apresentação.Apresentar-se-ão quatro concorrentes em cada recital. Cada candidato apresentará no máximo quatro músicas, não devendo sua apresentação ultrapassar 20 minutos, sendo permitida a interpretação de somente uma música de composição própria.Não há necessidade de repetir as músicas apresentadas na fita cassete ou CD, embora mantenha-se a obrigatoriedade de apresentar no mínimo duas músicas conhecidas do repertório da MPB..Os candidatos deverão encaminhar à Comissão Organizadora, com antecedência de 15 dias da realização do recital, um relatório técnico (mapa de palco) de sua apresentação, incluindo: repertório a ser apresentado (nomes das músicas e seus autores); número de acompanhantes; quais os instrumentos executados; posição dos intérpretes no palco, bem como eventuais amplificadores, e a quantidade de microfones necessária para a apresentação.O presidente do Júri poderá pedir ao candidato uma adequação do repertório, quando considerar que o mesmo proposto pode prejudicar a avaliação do júri.Quando houver opção pelo grupo de músicos profissionais posto à disposição pelo Prêmio, o candidato será posto em contato com o arranjador para elaboração de arranjos musicais que melhor se coadunem com a interpretação desejada pelo candidato.Todos os candidatos terão 40 minutos para o check sound (passagem de som) no auditório da apresentação, no próprio dia do recital, em horário definido pela organização do prêmio.Os candidatos deverão estar no auditório meia hora antes do horário do check sound (passagem de som), e uma hora antes do início das apresentações, independente de sua ordem de entrada.II Fase - Esta fase contará com um júri fixo de 4 integrantes e um convidado especial, e tem como objetivo selecionar cinco finalistas.As condições para ensaios e apresentações são as mesmas observadas na fase I. O não envio de novo relatório técnico implica que a nova apresentação se realizará nos mesmos moldes da anterior. Cada apresentação de semifinal contará com a participação de quatro candidatos, cada um interpretando quatro músicas no tempo máximo de 20 minutos.A ordem das apresentações será estabelecida pela Comissão Organizadora do Prêmio. Candidatos residentes no exterior ou com impedimentos graves poderão solicitar adequação de suas datas.III Fase - Na prova final, concorrerão 5 candidatos, podendo haver acréscimo no número de jurados, que deverá ter no mínimo 5 integrantes.Cada candidato apresentará três músicas de sua livre escolha, sendo no mínimo uma delas do repertório conhecido da MPB.É obrigatória a apresentação de uma música com acompanhamento orquestral, podendo o candidato optar por mais uma, sendo o arranjo providenciado de comum acordo entre a Organização do Prêmio e o concorrente.Premiação - Por este regulamento, os candidatos ficam cientes de que serão conferidos os seguintes prêmios*:Ao 1º colocado - R$ 40.000,00 (quarenta mil reais); gravação de um CD (com participação de no máximo cinco músicos acompanhantes), ficando acertado que 2.000 (duas mil) unidades serão oferecidas ao patrocinador e o restante será utilizado na divulgação e na comercialização; troféu e certificado de participação.Ao 2º colocado - R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), troféu e certificado de participação.Ao 3º colocado - R$ 20.000,00 (vinte mil reais), troféu e certificado de participação.Os outros dois finalistas receberão cada um R$ 10.000,00 (dez mil reais), troféu e certificado de participação.Informações - Rádio Eldorado Ltda. Rua Pires da Mota, 830 - 1º andar CEP: 01529-000 - São Paulo - SP Tel.: (11) 3274-6730 Fax.: (11) 3274-6861 www.radioeldorado.com.br

Agencia Estado,

26 de outubro de 2000 | 00h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.