Red Hot Chili Peppers divulga carta irada contra web

Tanto cuidado com o novo CD da banda Red Hot Chili Peppers, Stadium Arcadium, guardado a sete chaves pela Warner para só ser lançado oficialmente no dia 8 de maio, não adiantou de nada. Todas as músicas do disco vazaram ontem na internet. A banda se prepara para o show de lançamento, fechado, no próprio dia 8, em Nova York, e o clipe da música Dani Califórnia já foi exibido no programa Fantástico, da Rede Globo.O fato é que já se tornou recorrente canções vazarem na internet antes de seu grande lançamento. O mesmo ocorreu recentemente, por exemplo, com Madonna e seu Confessions On a Dance Floor. Indignado, Flea, baixista do Red Hot Chili Peppers, enviou uma carta aberta, distribuída pela gravadora Warner. Leia abaixo a carta na íntegra: ?Quando acordei de manhã, me deparei com a notícia de que nosso disco havia vazado na internet. Isto não seria lançado até 8 de maio, mas agora já vazou. E não que eu saiba muita coisa sobre este tipo de coisa, mas acredito que seja possível baixar o disco de graça se você quiser. Isto não é bom. Se você baixar agora de um desses sites de compartilhamento de arquivos, você terá uma pálida imitação do disco. Será a pior qualidade de som, graças à tecnologia que eles estão acostumados a usar. E isso vai partir meu coração, vai partir o coração de John Frusciante, vai partir o coração de Anthony Kiedis e vai partir o coração de Chad Smith. Sim, nós trabalhamos durante um ano e meio para fazer o disco épico de nossas vidas. Isso me entristece por razões comerciais, é claro. Acho que nós estamos vendendo algo realmente bacana e colocamos tudo o que tínhamos nele, 28 músicas, 2 horas do melhor que podemos oferecer. E acho que isso é um jogo sujo para todo mundo e para as pessoas que simplesmente roubam um som de péssima qualidade de um site porque algum bundão o roubou e colocou na internet. Me entristece. Mas razões comerciais à parte, o que realmente me incomoda é que trabalhamos tão duro e seriamente, todos nós, por tanto tempo para tornar esse CD tão novo e completo de cima a baixo quanto era possível.Gastamos dias e noites de um ano inteiro acreditando que todo pequeno detalhe era o correto, que colocados todos juntos surgiriam da maneira mais bela possível. Nós não deixamos nenhuma pedra fora do lugar ao fazer este trabalho.Não posso expressar em palavras quanto este CD, Stadium Arcadium, significa para nós, o quão sagrado o som é para nós e quantas noites sem dormir e dias inteiros de trabalho nós empregamos em pensar em como fazer o melhor que podíamos."

Agencia Estado,

03 de maio de 2006 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.