Raul Seixas e Carmen Miranda ganham Ordem do Mérito Cultural

Mais alta comenda do governo brasileiro na área inclui também Chico Anysio, Deborah Colker, Noca da Portela

Jotabê Medeiros, de O Estado de S. Paulo,

24 Novembro 2009 | 19h58

É uma comenda pop. Raul Seixas, Ney Matogrosso, Zeca Pagodinho, Gerson King Combo, Fernanda Abreu, Noca da Portela, Carmen Miranda, Ângela Maria, Chico Anysio e Deborah Colker, entre outros, receberão nesta quarta, 25, às 18 horas, no Teatro Oi Casa Grande (Av. Afrânio de Melo Franco, 290, no Leblon) a Ordem do Mérito Cultural, mais alta comenda do governo brasileiro na área.

 

A atribuição da Ordem do Mérito Cultural decorre de lei aprovada no governo Fernando Henrique Cardoso em 22 de novembro de 1995, e distingue personalidades que se destacaram por suas relevantes contribuições prestadas à cultura do país.

 

O prêmio desta quarta  pode ter um certo climão ao menos para os fãs de um homenageado in memoriam, o baiano maluco beleza Raul Seixas. É que as notícias dão conta de que estarão lá na cerimônia representantes das duas herdeiras americanas de Raulzito (os advogados delas) e a herdeira brasileira, Vivian, que é quem deve receber a insígnia. As partes têm divergências e brigam entre si e pode até rolar uma saia justa com todos juntos no mesmo lugar, inclusive Kika Seixas, tida como uma "xerife" do espólio de Raul. As outras ex-mulheres do cantor, mães das duas primeiras filhas e as respectivas provavelmente não irão, porque o convite veio em cima da hora. Mas deve comparecer uma outra ex-mulher, Tânia, que não teve filho com ele, e o irmão dele também.

 

Entre outros, já receberam medalhas do mérito cultural o presidente do senado, José Sarney, o ex-controlador do Banco Santos, Edemar Cid Ferreira, e o criador do instituto Inhotim, Bernardo Paz.

 

Veja a seguir a lista completa dos agraciados:

Classe de Grã-Cruz:

António Emílio Leite Couto (Mia Couto);

Antônio Gonçalves da Silva (Patativa do Assaré - in memoriam);

Arthur Bispo do Rosário (Bispo do Rosário - in memoriam);

Ataulfo Alves de Souza (in memoriam);

Beatriz Sarlo;

Boaventura de Sousa Santos;

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho (Chico Anysio);

Heleny Ferreira Telles Guariba ( Heleny Guariba - in memoriam);

José Carlos Aranha Manga (Carlos Manga);

José Eduardo Agualusa Alves Cunha (José Eduardo Agualusa);

Manoel Candido Pinto de Oiveira (Manoel de Oliveira);

Maria do Carmo Miranda Sebastian (Carmen Miranda - in memoriam);

Oswaldo Alves pereira (Noca da Portela);

Paulo Emílio Vanzolini;

Raul Santos Seixas (Raul Seixas - in memoriam);

Roberto Burle Marx (Burle Marx - in memoriam);

Sergio Roberto Santos Rodrigues (Sergio Rodrigues);

Vitalino Pereira dos Santos (Mestre Vitalino - in memoriam);

 

Classe de Comendador:

Abelim Maria da Cunha (ângela maria);

Alexandre Wollner;

Deborah Colker;

Fernanda Sampaio de Lacerda Abreu (Fernanda Abreu);

Ivaldo Bertazzo;

Jessé Gomes da Silva Filho (Zeca Pagodinho);

José Miguel Soares Wisnik (José Miguel Wisnik);

Natalia Timberg (Nathalia Timberg);

Walmor de Souza Chagas (Walmor Chagas);

 

Classe Cavaleiro:

Aderbal Freire Filho;

Davi Kopenawa Yanomami;

Elifas Vicente Andreato (Elifas Andreato);

Fernando Amaral dos Guimarães Peixoto (Fernando Peixoto);

Gerson Rodrigues Cortes (Gerson King Combo);

Laerte Coutinho (Laerte);

Luiz Franco Olimecha (Luiz Olimecha);

Lydia Maria Gorytzki (Lydia Hortélio);

Maria Lúcia Godoy;

Miguel da Silva Paranhos do Rio Branco (Miguel Rio Branco);

Ney de Souza Pereira (Ney Matogrosso);

Paulo Roberto Barbosa Bruscky (Paulo Bruscky).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.