Rapper Kid Rock é preso acusado de agressão

O rapper Kid Rock foi preso hoje pela polícia de Nashville acusado de ter batido em um DJ de uma boate de strip-tease. O rapper, de 34 anos, foi solto após pagar uma fiança de US$ 3 mil, sob acusação de agressão, que o pode levar a um ano de prisão. "Tudo está perfeito. Foi um bela noite", disse Kid Rock ao sair do Centro de Justiça Criminal. Ele havia comparecido algumas horas antes perante o Comissário da Corte de Night Howard Taradash. Kid Rock riu e brincou com os dois policiais que o prenderam e com dois outros que estavam presentes na audiência, enquanto ele ficou numa pequena sala com uma grande janela de vidro que separa os acusados do comissário e dos observadores.As autoridades disseram que ele foi preso depois de uma briga que aconteceu por volta das 3 horas da manhã no Christie´s Cabaret, perto do centro de Nashville. "Dentro do estabelecimento aconteceu uma briga, acredito, por causa da seleção das músicas", disse o sargento da polícia Nashville James Smith. "Não houve feridos graves, mas a agressão ocorreu". Imagens de televisão do lado de fora da boate mostram o DJ, identificado como Jay Campos, com uma marca vermelha no rosto, segurando um par de óculos quebrados.O oficial que prendeu o rapper, Calvin Hullett, disse que Kid Rock se rendeu em um apartamento em que estava hospedado. Hullett descreveu o rapper como "muito colaborador", apesar de ter tentado fugir antes. Hullett disse que Kid Rock fugiu pela porta dos fundos de outra boate quando os policiais apareceram para prendê-lo.Nascido Bob Ritchie, Kid Rock era um DJ de hip-hop da área de Detroit quando ganhou sucesso em 1998 com Devil Without a Cause, que mistura batidas de hard rock com letras de rap.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2005 | 16h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.