Rapper é preso e acusado de pedofilia

O rapper americano R. Kelly foi preso nesta quarta-feira depois de ser acusado de produzir pornografia infantil. A acusação se baseia no conteúdo de um vídeo em que Kelly aparece tendo relações sexuais com uma garota menor de idade. Kelly foi preso na Flórida, mas seu indiciamento se dera horas antes em Chicago. A fita com as imagens incriminadoras já tinha se tornado famosa entre os fãs de rap e R&B depois que cópias começaram a ser vendidas nas ruas de grandes cidades dos Estados Unidos.O superintendente da polícia de Chicago, Terry Hillard, disse que peritos concluíram que as pessoas que são vistas na fita são mesmo Kelly e uma menor. Se condenado, Kelly pode ter de cumprir pena de até 15 anos de prisão e pagar multa de até US$ 100 mil. O advogado do cantor afirma que a garota da fita é maior de idade.Kelly é conhecido por sucessos que vão de I Believe I Can Fly, de tom religioso e ganhadora do prêmio Grammy, até outras de forte conteúdo sexual, como Bump ´n´ Grind, Feelin´ On Yo Booty e YourBody´s Callin´.O jornal Chicago Sun-Times noticiou em fevereiro que tinha recebido uma cópia do vídeo num envelope anônimo e que a encaminhou à polícia. As imagens circulam na Internet, e a polícia americana advertiu que qualquer pessoa que as tenha em seu poder corre o risco de ser acusado judicialmente de pedofilia.Kelly já havia sido processado três vezes por sedução de menores, tendo entrado em acordo com os acusadores em dois dos casos.O rapper é natural de Chicago e começou se apresentando nas ruas. Ele já vendeu mais de 23 milhões de discos, é casado e tem três filhos pequenos.Kelly foi casado brevemente com a cantora Aaliyah, que mentiu a idade para poder casar, em 1994. Ela tinha 15 anos então. A mentira foi descoberta e o casamento anulado. Aaliyah morreu no ano passado em um acidente, quando iniciava carreira cinematográfica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.