Rapper acusado de pedofilia se declara inocente

O rapper R. Kelly se apresentou hoje à Justiça americana e se declarou inocente das acusações de pornografia infantil. O músico está sendo acusado por 21 crimes com base em um vídeo em que, supostamente, ele aparece fazendo sexo com uma garota de 14 anos. Se condenado por todos os delitos, ele pode pegar até 15 anos de prisão.O envolvimento do rapper com as gravações ainda é confuso. Ao mesmo tempo em que ele nega ser o homem que aparece no vídeo, seus advogados querem provar também que a garota já era maior de idade à época da gravação. A audiência de hoje foi só a primeira do processo, que ele responde em liberdade após o pagamento de US$ 750 mil em fiança. A próxima audiência acontece em agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.