Ranking compila os piores hits da história

São músicas que fizeram sucesso, tocaram sem parar nas rádios e grudaram nos ouvidos de todos. Mas são músicas horríveis. Em "homenagem" aos piores hits da história, a revista Blender publica em sua edição de maio um ranking com 50 deles. Aparecem desde astros de trajetória sólida, como Paul McCartney e Madonna, até sucessos esquecidos como o Starship, que ocupa o primeiro lugar da lista com We Built This City, de 1985.Os anos 80 aparecem em peso. Além do topo da lista, a década que quase acabou com o rock, segundo a revista, ocupa o 3º lugar com Everybody Have Fun Tonight, de Wang Chung; o 6º, com The Heart of Rock & Roll, de Huey Lewis & The News; o 7º, com Don´t Worry, Be Happy, de Bobby McFerrin; o 8º, com Party All the Time, de Eddie Murphy; e o 10º, com a parceria de McCartney e Stevie Wonder Ebony and Ivory.Da produção recente, os destaques são American Life, de Madonna, de 2003, em 9.º lugar, e Rollin´, do Limpbizkit, de 2000, em 4.º. Completam os 10 mais do ranking Achy Breaky Heart, de Billy Ray Cyrus, em 2.º, e Ice Ice Baby, de Vanilla Ice, em 4.º.A relação da Blender é com certeza polêmica, como é o costume das listas de melhores e piores. Além de McCartney e Madonna, o ranking da revista lembra também uma série de monstros sagrados, de ontem e hoje: R.E.M (Shiny Happy People), Simon & Garfunkel (The Sounds of Silence), os Doors (The End) e até os Beatles (Ob-La-Di, Ob-La-Da). A lista completa chega às bancas no dia 27 de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.