Marcos D'Paula/AE
Marcos D'Paula/AE

Radiohead se apresenta na Chácara do Jockey em SP

Finalmente toca uma das influentes bandas atuais, aguardada há 15 anos; Kraftwerk e Los Hermanos fazem show

O Estado de S. Paulo,

22 de março de 2009 | 07h53

O músico é hoje o seu próprio produto. Depois que baixar discos pela internet virou hábito, o rendimento dos artistas passou a depender dos shows - e da vontade dos fãs de investir seu dinheiro em ingressos. Para facilitar a sua vida de ‘investidor’, resolvemos pensar o festival Just a Fest, que acontece neste domingo, 22, como uma carteira de investimentos - e analisar separadamente as possibilidades de retorno de cada um dos seus ‘produtos’ (Radiohead, Kraftwerk e Los Hermanos).

 

Veja também:

Especial Radiohead

 

Tratando-se do Radiohead, uma das melhores bandas da atualidade, não há dúvida: o retorno é certo, ainda que suas ‘ações’ já tenham valido mais. Se não fosse pelos clássicos, o Kraftwerk estaria em baixa. Já os Los Hermanos sobem com a volta (por um dia) ao mercado. Isso sem contar as especulações: Mallu Magalhães participa do show? No balanço geral, porém, o seu único risco é ter vontade de repetir o investimento.

 

Os ingleses Tho m York (voz), Ed O’Brian (guitarra), Jonny Greenwood (guitarra), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria) eram amigos de escola. Em 1986, formaram a banda On a Friday. Só depois da faculdade, em 1992, é que veio o contrato com a EMI e a mudança para Radiohead. Sorte dos fãs-investidores: com baixa volatilidade, é a mesma formação do início.

 

É uma das bandas mais cultuadas em atividade e vem de uma apresentação festejada no Grammy deste ano. Em 2007, deixou que os fãs baixassem o disco ‘In Rainbows’ pela internet (pagando o que quisessem) e foi o grupo que mais vendeu vinis no ano passado. Em 2005, ‘OK Computer’ foi eleito o melhor álbum dos últimos 20 anos pela revista ‘Spin’.

 

Você pode entrar para a história e dizer que testemunhou a primeira vez que o Radiohead esteve no Brasil: investimento que deve lhe trazer um ótimo retorno perante os amigos daqui a alguns anos. Também leve em conta o fato de que, se não investir agora, pode ter de esperar muito tempo para ter outra oportunidade.

 

Kraftwerk

 

Aplicação de perfil tradicional, o quarteto foi formado em 1970 por estudantes de música erudita do conservatório de Düsseldorf, cidade industrial alemã. Mas virou vanguarda explorando elementos eletrônicos. Há quase 40 anos no mercado, a banda construiu os alicerces da música eletrônica e atraiu investidores-ícones da música pop, como David Bowie - além de influenciar o surgimento de outros estilos, como a disco music, o drum’n’bass e o hip hop. Anos: foi o tempo que o grupo já ficou sem fazer shows Nada garante que seus papéis permaneçam por muito mais tempo no mercado. Aproveite logo.

 

Los Hermanos

 

A banda carioca foi formada em 1997 por um grupo de estudantes da PUC-RJ, entre eles, Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante. Depois do sucesso, foi na contramão do mercado - e conquistou especialistas e investidores fiéis. O vocalista e compositor Marcelo Camelo já foi comparado a Chico Buarque. À parte especulações muito otimistas, o fato é que a banda conseguiu abastecer o mercado brasileiro de músicas de qualidade, misturando MPB, rock e samba. Com a banda fechada para balanço desde 2007, esta é uma chance rara de vê-la no palco. Ou seja, o retorno é garantido. Anos: foi quanto durou a história do grupo. Por enquanto.

 

Serviço:

Chácara do Jockey

Av. Prof. Francisco Morato, 5.100, Vila Sônia, (acesso do público pela Av. Pirajuçara, s/nº). SAC: (21) 2545-9411. Ingressos esgotados. www.justafest.com.br

 

Em números:

30 mil pessoas é a capacidade do local.

16 anos é a censura.

6 bares, no total.

2 áreas de alimentação.

800 táxis credenciados.

R$ 35 é o preço do estacionamento oficial (R. Caminho do Engenho, 800, esquina com a Av. Eliseu de Almeida). Não é permitido máquinas fotográficas.

Tudo o que sabemos sobre:
Radiohead

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.