AP
AP

Quincy Jones vence ação contra herdeiros de Michael Jackson

Juiz determinou que o produtor leve exatos US$ 9,42 milhões por músicas usadas no documentário 'This is It'

ANSA

27 Julho 2017 | 11h16

Um dos maiores produtores musicais da história e responsável pelos sucessos do cantor norte-americano Michael Jackson, Quincy Jones venceu nesta quarta-feira, 26, uma disputa na justiça contra a família do cantor por direitos autorais.

A decisão de um juiz de Los Angeles, nos Estados Unidos, determinou que o produtor leve exatos US$ 9,42 milhões por músicas usadas no documentário "This is It", lançado em 2009, pouco depois da morte de Michael Jackson, e a produção de dois espetáculos do Cirque du Soleil sobre o "Rei do Pop" .

A quantia ganha por Jones é inferior aos US$ 30 milhões que pretendia receber, mas superior aos US$ 392 mil que o fundo do cantor ofereceu.

Jones comentou que o processo não é contra Michael, mas para proteger tudo o que fizeram juntos. "A ação nunca foi contra Michael, e sim para proteger a integridade do trabalho que realizamos juntos".

Em 2013, o produtor já havia entrado na Justiça com um processo contra os herdeiros de Michael Jackson, por ter sido cortado injustamente das negociações sobre as músicas do cantor produzidas por Jones tanto no documentário de 2009, quanto no espetáculo do Cirque du Soleil. Na época, o produtor alegou que deixou de receber US$ 30 milhões.

Aos 84 anos, Quincy Jones ajudou a produzir o álbum "Thriller", o mais vendido de todos os tempos, e a canção "We Are the World". (ANSA) 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.