Pub de Madonna pode ser fechado por práticas ilegais

Bar em Londres recebeu denúncia de que estaria cobrando preços diferentes para clientes e turistas

Efe,

08 de agosto de 2008 | 12h37

O pub londrino The Punchbowl, propriedade da cantora Madonna e seu marido, Guy Ritchie, será investigado depois de uma denúncia de que o estabelecimento estaria cobrando preços diferentes para clientes freqüentes e turistas. Veja também:Confirmadas datas dos shows de Madonna no Rio e SP  Se o pub, no elegante bairro londrino de Mayfair, realmente fizer esse tipo de prática, pode perder sua licença apenas seis meses depois de ser adquirido pelo famoso casal por cerca de 2,5 milhões de libras (US$ 4,8 milhões), segundo a imprensa britânica. Autoridades de Westminster, na região central de Londres, averiguarão se, conforme indica a denúncia, o pub não tem expostos ao público os preços das bebidas, como é obrigatório. O gerente adjunto do pub, Henry Heaton, negou em declarações à imprensa que a política do estabelecimento seja a de cobrar preços diferentes e se desculpou por eventuais erros. Segundo Sue Jones, responsável por normas do comércio de Westminster, a lei estabelece claramente que a lista de preços tem que estar visível e proíbe que sejam cobrados diferentes valores pela mesma bebida.

Tudo o que sabemos sobre:
Madonna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.