Proof, rapper norte-americano, é assassinado em Detroit

O rapper Proof, membro do grupo D12 e amigo de Eminem, foi assassinado nas primeiras horas desta terça-feira em uma casa noturna de Detroit, segundo informou um assessor. A morte de Proof - cujo nome verdadeiro é Deshaun Holton - foi confirmada por Dennis Dennehy, assessor da Interscope Records, o selo do grupo de rap D12. Proof foi padrinho de casamento de Eminem em janeiro último e costumava ser visto ao lado do destacado rapper branco em shows e aparições públicas. Ele também participou do filme 8 Mile. A criação do D12, um grupo de rap formado em meados da década passada e baseado em Detroit que conta com Eminem entre seus membros, foi idéia de Proof. A polícia de Detroit não confirmou a morte de Proof, mas informou que duas pessoas foram baleadas na cabeça na madrugada de hoje em uma casa noturna próxima da Avenida Eight Mile. Segundo a polícia, uma pessoa morreu e a outra ficou gravemente ferida por causa dos disparos, efetuados depois de uma discussão no interior da casa noturna CCC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.