Paulo Tauil
Paulo Tauil

Projeto transporta músicas de Cazuza para o universo da bossa nova

Leila Pinheiro, Roberto Menescal e Rodrigo Santos lançam 'Faz Parte do Meu Show: Cazuza em Bossa'

Renato Vieira, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2020 | 06h00

Além do disco com Antonio Adolfo, Leila Pinheiro participa de um projeto em homenagem a Cazuza que chegou este mês às plataformas digitais. Ela canta e toca piano em Faz Parte do Meu Show: Cazuza em Bossa, que também conta com Roberto Menescal (guitarra) e o ex-integrante do Barão Vermelho Rodrigo Santos (baixo e voz).

O trio começou a fazer shows com canções de Cazuza em 2018, quando o compositor morto em 1990 completaria 60 anos. O projeto audiovisual foi gravado com presença de plateia em novembro do ano passado, no estúdio da Som Livre. Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, esteve presente e deu seu aval à homenagem.

Em videoclipe, trio interpreta 'Codinome Beija-Flor'


Das 20 canções do show, oito entraram no projeto. Os vídeos de cada uma delas estarão disponíveis no YouTube. Os rocks Exagerado, Ideologia, O Tempo Não Para, Por Que Que a Gente É Assim? e Pro Dia Nascer Feliz ganharam harmonias de bossa nova. O repertório ainda inclui as românticas Faz Parte do Meu Show, Codinome Beija-Flor e Preciso Dizer Que Te Amo.

Estão previstas edições em CD e DVD do projeto e, assim que for possível, Leila, Menescal e Santos pretendem voltar à estrada para divulgá-lo.

Tudo o que sabemos sobre:
CazuzaLeila PinheiroRoberto Menescal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.