Projeto Disco de Ouro não deixa Chico Buarque de fora

Dois álbuns antológicos de Chico Buarque - Construção (1971) e Meus Caros Amigos (1976) - serão recriados em seqüência e na íntegra de hoje a domingo no Sesc Pompéia. Numa edição especial do bem-sucedido projeto Disco de Ouro, o show terá direção musical e arranjos do maestro Nelson Ayres e vai reunir as cantoras Miúcha, Zizi Possi e Izabel Padovani, o grupo MPB-4 e o cantor Renato Braz. Os ingressos para as três apresentações já estão esgotados. Ao longo de 2005 o Sesc Pompéia realizou shows memoráveis, com êxito de público, dentro do projeto Disco de Ouro. A idéia era reunir vários artistas para revisar álbuns históricos, escolhidos por 12 críticos. Os mais votados foram Tropicália, Acabou Chorare, Elis & Tom, Canção do Amor Demais, Samba Esquema Novo e Da Lama ao Caos. Chico Buarque foi o artista que recebeu mais votos. Teve vários álbuns apontados, mas nenhum com o número suficiente para figurar na lista final. Diante do resultado e da evidente importância do compositor, o Sesc abriu nova votação para uma edição especial do Disco de Ouro. Desta vez, só para sua obra. Os dois títulos terminaram empatados. Só para refrescar a memória: Construção, além da faixa-título ligada a Deus lhe Pague, tem pepitas como Valsinha, Cotidiano, Desalento, Minha História; Meu Caro Amigo parece uma compilação de clássicos, incluindo O Que Será (À Flor da Terra), Mulheres de Atenas, Olhos nos Olhos, Basta um Dia etc. Estas todas serão interpretadas por Zizi. Izabel Padovani traz a adaptação de Construção que já havia gravado. Miúcha, entre outras, fica com Samba de Orly e divide A Noiva da Cidade com Renato Braz. "Houve um consenso em quem cantaria qual canção, com a grande vantagem de termos só música boa", diz Nelson Ayres, que vai tocar piano no grupo que acompanha os cantores. "Não houve a preocupação de estabelecer um padrão para os arranjos, mas tivemos o cuidado de não fazer o show muito longo, considerando também as cadeiras de dona Lina Bo Bardi", brinca o músico. Disco de Ouro. Sesc Pompéia . R. Clélia, 93, 3871-7700. Hoje e amanhã, 21h; dom., 18h. R$ 8 a R$ 20. Ingres. esgotados

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2006 | 14h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.