Arquivo/AE
Arquivo/AE

Procon suspende venda de ingressos para show de Madonna em São Paulo

Decisão será mantida até que a Time For Fun corrija irregularidades encontradas pela fiscalização

20 de abril de 2012 | 18h25

Após notificar a empresa responsável pela comercialização dos ingressos das apresentações de Madonna no Brasil, a Time For Fun, o Procon de São Paulo determinou na tarde desta sexta-feira, 20, a suspensão das vendas de entradas para o show que acontece no dia 04 de dezembro. A decisão será mantida até que a empresa corrija irregularidades encontradas pela fiscalização.

Em nota, o Procon informou que tinha dado até o início da tarde de ontem para que a Time For Fun deixasse de cobrar a taxa de conveniência, pois,  para o órgão, não existe “conveniência” efetiva ao consumidor, que ao comprar pela internet ou telefone, ainda tem que pagar pela entrega do ingresso. Além disso, o Procon considera a pré-venda de ingressos uma atividade discriminatória.

A empresa também será autuada e poderá pagar multa entre R$ 400 a R$ 6,5 milhões, com prazo de 15 dias para apresentar defesa.

Segundo o Procon, a Time For Fun é reincidente em práticas abusivas na venda de ingressos e já foi autuada em mais de 4 milhões na última década. 

Tudo o que sabemos sobre:
MadonnaBrasilProcon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.