Processo aumenta acessos do Napster

A Napster não saiu do ar e toda a publicidade do processo aberto pela Recording Industry Association of America, que representa as principais gravadoras dos Estados Unidos, tem ajudado e muito o site, que fornece uma tecnologia que permite a seus usuários trocarem arquivos de MP3. O movimento na página tem sido quatro ou cinco vezes maior do que o normal, de acordo com a empresa Keynote Systems, que mede o tráfego na Internet. Alguns especialistas acham que a ação na Justiça vai servir apenas para aumentar a circulação de música pela Internet. O próximo passo no processo é a apresentação pela Napster de sua defesa legal, por escrito, até 18 de agosto. A decisão final não sai antes de meados de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.