Ilustracao Baptistao
Ilustracao Baptistao

Carnaval 2021: as lives de Ivete, Claudia Leitte, Preta Gil e outros artistas

Enquanto alguns artistas aproveitam a data para produção de músicas ou performances através de lives, outros irão, pela primeira vez, descansar

Ana Lourenço e Danilo Casaletti, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2021 | 14h06

Carnaval é uma daquelas palavras que não tem tradução única. Além de ser uma das maiores manifestações culturais do mundo, que envolve desfile, blocos e shows, é uma espécie de filosofia de vida para muita gente que inspira e respira a festa.

Neste ano, porém, com as aglomerações proibidas, o jeito é buscar novas maneiras de celebrar - sempre com segurança. Lives, clipes e lançamentos de novas músicas estão entre as opções dos artistas para o público (veja a programação mais abaixo). Há também aqueles que pretendem aproveitar a calmaria atípica da data para descansar. 

Dentre as atrações esperadas, “O Trio - Ivete, Claudia e Você”, que acontece no sábado, 13, promete três horas de live. “O projeto surgiu a partir da ideia de respeitar sim nossos fãs e o público, mas respeitar essa data também”, explica Ivete Sangalo. A live, para elas, se difere dos usuais shows especialmente pela presença do público. "Eu estou sentindo muita falta do palco, mas acho que o fato da gente estar ali juntas e ter uma história pra contar, transforma o nosso encontro em uma celebração", coloca Claudia Leitte.

Para Bell Marques, o carnaval está dentro do brasileiro. “Eu acho que a alegria mora em nós. Estar com saúde, em segurança, se cuidando, já é motivo suficiente para festejar e é isso que a gente vai celebrar”, diz ele. A ideia de curtir dentro de casa, para sair às ruas ano que vem aumenta as expectativas para a futura festa. “Em 2022 será o maior do século. Eu vou me empenhar para isso. Vai ser lindo”, promete Simoninha, do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta.

Daniela Mercury

Cantora

Para a rainha do axé, o carnaval é seu lugar de inspiração. Por isso mesmo, para sua live do dia 12, ela não quis fazer nada que tentasse imitar a realidade. Pelo contrário. “Ao invés de ir para rua fui pra dentro de uma obra de arte do artista baiano Jota Cunha”, diz. “Tudo que eu puder fazer pra levar vocês para o meu carnaval emocional que eu sinto, vou fazer. A gente precisa ser o carnaval dentro de nós pra passar por tudo isso”. Em troca, a cantora pede para que o público compartilhe o clima da live em suas redes sociais para que ela possa sentir a festa de cada um.

Ivete Sangalo

Cantora

Ela promete uma live animada ao lado de Claudia Leitte, direto de Salvador. “Vai seguir a ideia do trio, o carro não para", diz. “A gente está estruturando um repertório que faça valer o convite, salvaguardando toda uma memória afetiva dos nossos fãs. Vai ser pra todo mundo que está precisando desse aconchego do carnaval", conta ela, que não desmente a possibilidade de uma música inédita para o encontro.

Claudia Leitte

Cantora

A falta de carnaval deste ano gerou tristeza nela, que se preparou psicologicamente para enfrentar a data. “A gente espera pelo carnaval como criança espera pelo papai noel”, conta. Assim surgiu o projeto de se apresentar online ao lado de Ivete. "É um fardo leve,  porque a gente é feliz, mas a gente tem uma responsabilidade. Servimos o outro que está ali e queremos ver as pessoas alegres e seguras”, diz.

Bell Marques

Cantor

“O carnaval sou eu e eu sou carnaval”, declara o cantor que para celebrar a data decidiu fazer duas lives para o seu público. Amanhã, ele participa do E-carnaval da SulAmérica e no dia 14 apresenta o Bloco do Camaleão. “Como artista entendo que temos essa função de dar um pouco de alívio para as pessoas em casa. Então, vou apostar num repertório bem forte, que vai fazer as pessoas lembrarem dos carnavais passados.” 

Preta Gil

Cantora, líder do Bloco da Preta

“O carnaval  é festa, sensualidade, expressão da alma e da nossa cultura. Eu não iria fazer nada, não via clima, mas lembrei do último carnaval quando um catador de latinhas me disse que no dia do meu bloco ele lucrava bastante. Isso me fez ter vontade para fazer a live do Bloco da Preta dia 14. Convidei Alcione, Teresa Cristina e Mumuzinho para me ajudar a estimular doações. Esse é um momento em que precisamos nos unir para termos um carnaval inesquecível em 2022.”

Luiz Caldas

Cantor e compositor

Considerado o pai da axé music, ele vai passar os dias de folia no estúdio. “A minha carreira, o meu reconhecimento, está ligado ao carnaval de Salvador, ao trio elétrico. Com o axé music, eu dei uma forma de baile para festa. Já que não podemos estar juntos, eu vou para o estúdio, pois há quase nove anos tenho lançado um disco por mês com músicas inéditas. O importante é que todos se cuidem, se vacinem, para que o mundo volte à  normalidade.”

Carlinhos Brown

Cantor e compositor

Brown aproveitou a data para lançar  o álbum “Umbalista Verão”, que ele define como uma grande celebração.”Esse ano não tem trio elétrico nas ruas, mas os acordes não deixarão de ressoar em nós. A consciência sobre a gravidade desse momento, sobre os cuidados necessários, fazem parte também dessa folia, que é acreditar em algo maior, que é festivo, que traz entusiasmo. Sem fé e esperança a gente não faz o próximo acorde, não tem composição.”

Léo Santana

Cantor

Para o artista, carnaval é emoção. “É um momento de realização. Ver aquele mar de gente pulando, a nossa música chegando em tantas pessoas”, diz ele que mesmo sem público fará uma live no sábado (13) ao lado de Harmonia do Samba e Parangolé. “O projeto surgiu da nossa necessidade de mostrar a potência do pagodão baiano para o mundo. Estamos  com muita saudade do palco, desse clima de carnaval, então vamos cheios de energia para fazer o chão tremer”, conta. 

Wilson Simoninha

Cantor, Acadêmicos do Baixo Augusta

O bloco, que arrasta mais de 1 milhão de pessoas no pré-carnaval da cidade, lançou uma marchinha  a favor da vacina. “Este ano vai servir para a gente valorizar como é legal se encontrar, se abraçar, se beijar. São Paulo está aprendendo a fazer uma festa mais bacana a cada ano. Em 2022 será o maior do século. Eu vou me empenhar para isso. Vai ser lindo”.

Águia de Ouro

Escola de Samba

O desfile das escolas de samba foi adiado para julho, no entanto isso não diminui a dor de uma comunidade que vive para isso. “Tivemos de criar estratégias para nos manter vivos, porque para nós é quase uma morte”, diz a diretora de comunicação da escola, Jacque Meira. “Não paramos de trabalhar, mas não estamos fazendo nada na correria”, conta. Para celebrar a data também em fevereiro, a escola vai ser uma das convidadas das lives do camarote Brahma, que acontece sábado, às 20h30, e domingo, às 14h.

Dan Miranda

Vocalista Ara Ketu

“Acho que chegou a hora de tirar o abadá que está na gaveta, o CD que você guardou, usar as plataformas digitais, curtir as lives que alguns artistas vão fazer. A energia não tem como ser a mesma, mas é preciso entender que o momento é de reclusão para depois a gente fazer a festa em dobro”, diz. O artista conta que existe o desejo de uma live da banda, mas por conta da falta de verba e patrocínio não irá acontecer.

Pedro Luís

Vocalista do Monobloco

O bloco, que arrasta mais de 1 milhão de pessoas, terá clipes e desfile virtual. “O carnaval é um momento de descarrego, um momento de esquecermos as loucuras que a rotina nos apresenta. Todos os anos, meu carnaval é muito intenso na rua, então, neste ano, eu vou fazer os mais maravilhosos ‘nadas’ e sugiro que todos façam o mesmo, que assistam a bons filmes, que leiam livros.”

 

Silva

Cantor

“Para mim o Carnaval é um momento de celebrar a vida, de se permitir, desapegar dos problemas, o que me parece algo cada vez mais necessário. Esse ano vou passar com meu irmão e minha irmã. Aproveitar para relembrar os bons momentos do carnaval do último ano. Mas o coração está apertado de não poder fazer o Bloco [do Silva]. A impressão que tenho é de que está tudo fora do lugar!”

Tiago Abravanel 

Cantor

Muito conhecido pelo Bloco do Abrava, este ano o artista vai passar a folia em uma fazenda, isolado. “É muito difícil você ter a mesma troca. Pode até ser que para quem assiste seja divertido e animado, mas pra quem faz é muito mais difícil porque é uma troca de energia, daquele momento, e por isso que é tão fascinante”, explica ele. “Dá saudade, dá vontade de se aglomerar mas a gente precisa se cuidar para daqui a pouco aproveitarmos”, diz.

Felipe Pezzoni

Vocalista da banda Eva

Pela primeira vez em 40 anos a Eva não vai sair no carnaval. “Vai ser muito difícil porque é um momento muito aguardado por todos nós. É como se fosse nossa copa do mundo”, brinca Felipe. Para tentar compensar a falta, a banda lança a música ‘Tá Calor’ com participações especiais surpresas. “Ela está prevista para sair no final de fevereiro, início de março e é uma música bem de verão, que traz uma energia alegre”, diz ele.  

Bloco Ritaleena

Alessa, cantora

Desde 2015 “levando a palavra de Rita Lee” para toda cidade de São Paulo, durante a pandemia, o bloco entrou em hibernação. "Tem sido muito desafiador, mas entendemos que o Carnaval é um pacto brasileiro coletivo de celebração da vida, então a gente tem que preservar a vida no momento em que vivemos”, coloca a vocalista da banda. De acordo com ela, o grupo estuda a possibilidade de uma live futura. 

Xanddy

Cantor

"Uma hora dessa estávamos numa correria doida para o Carnaval, mas não será possível por um motivos justo: proteger vidas", diz o vocalista do Harmonia do Samba que para celebrar a data fará uma live dia 13. "Fizemos um repertório com a cara da folia baiana. Vai ser massa!", garante. Para a folia de 2021, ele aposta na música em parceria com Ivete Sangalo, “Tá Solteira Mas Não Ta Sozinha”.

Vina Calmon

Vocalista da banda Cheiro de Amor

“Desde muito pequena eu acompanhava o Carnaval e depois que eu assumi a banda Cheiro de Amor, essa história com o Carnaval se potencializou”, diz ela que fez questão de misturar músicas antigas e novas para a live de hoje à noite. “Saber que tem muita gente que está sentindo essa saudade nos dá força de transmitir nosso melhor para as pessoas”, conta. 

BaianaSystem 

Banda

“A pergunta certa é o que vai acontecer depois do carnaval. Como vamos se comportar depois desse vácuo?”, indaga o vocalista Russo Passapusso. Para a banda, uma live não seria verdadeira sem a plateia. “O elemento público não é dissociado do que a gente entende como apresentação”, explica o guitarrista Beto Barreto. Para celebrar, a banda irá lançar o primeiro ato do disco OxeAxeExu, 'Navio Pirata', com sete faixas.

AGENDA

Sexta, 12 

  • Unindo o Brasil pela folia, a SulAmérica reúne, a partir das 18h, Preta Gil, Bell Marques, Jota Quest e Péricles para uma live de comemoração dos 125 anos da seguradora. Veja em bit.ly/e-carnaval.
  • Para garantir uma troca com o público, Daniela Mercury pede para os fãs entrarem no clima e postarem nas redes sociais os preparativos da sua live que acontece a partir das 20h30 no canal do Youtube da cantora e em oito emissoras brasileiras e portuguesas de TV abertas. 
  • Às 20h30, Vina Calmon comanda a live da banda Cheiro de Amor, que será transmitida no canal do Youtube do grupo. “A gente vai levar nossa música, nosso axé, nossa verdade, nosso carnaval para a casa das pessoas”, diz a vocalista.

Sábado, 13 

  • Às 17h30 Ivete Sangalo e Claudia Leitte dão início à live que tem expectativa de duração de três horas. A transmissão será dada pelo canal do Youtube de ambas e pelo canal Multishow.
  • Às 20h30, o Monobloco participa de um desfile virtual dentro da plataforma de games Cidade Alta RP, que terá trio, abadá e um circuito a ser percorrido. Para quem não é gamer, a festa poderá ser acompanhada pelas redes sociais do bloco (@monoblocooficial).
  • Às 20h30, Zeca Pagodinho e a dupla Zé Neto & Cristiano dão início ao Carnaval do camarote Brahma. O show terá transmissão ao vivo, direto do Sambódromo do Anhembi pelo Multishow e no canal do YouTube do Multishow.

  • Às 21h, Léo Santana se junta com Harmonia do Samba e Parangolé para uma live no Youtube (bit.ly/EncontroCarnaval). A estrutura conta com três trios elétricos e um palco central e segue os protocolos de segurança contra a covid-19. 

Domingo, 14

  • Às 14h, Barões da Pisadinha e a dupla Matheus e Kauan animam a live do Camarote Brahma. Como convidado especial, a escola paulista campeã de 2020, Águia de Ouro. O show terá transmissão ao vivo, direto do Sambódromo do Anhembi pelo Multishow e no canal do YouTube do Multishow.
  • Artistas como Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Margareth Menezes, Banda Eva e Olodum estarão no Carnavaranda Tropical, que, a partir das 15h30, vai exibir 15 shows que ocorrerão em varandas de prédios da cidade de Salvador. O público poderá acompanhar as apresentações no perfil da @devassa, a organizadora do evento.
  • Às 16h, Preta Gil comanda a Live do Bloco da Preta (bit.ly/LiveBlocodaPreta), com participações de Alcione, Teresa Cristina e Mumuzinho. No cardápio musical, a mistura de axé, samba, funk e sertanejo que costuma arrastar os foliões no Rio, São Paulo e Salvador todos os anos. 
  • A partir das 16h, Bell Marques promete dar início a uma live inesquecível. “Montei um repertório bem bacana, pra gente curtir umas 6h de música. Estou ansioso”, diz. O show poderá ser visto no canal do Youtube do cantor.

Sem data marcada

O Monobloco gravou, de forma remota, dez videoclipes que foram postados em seu canal no YouTube. São músicas como Pescador de Ilusão, Não Deixe o Samba Morrer e Muito Obrigado Axé. "Tentei passar o máximo de emoção, como se a pessoa estivesse na rua. Coloquei o ‘gravão’ do surdo para ficar bem envolvente”, diz Sidon Silva, um dos diretores do bloco. Assista em bit.ly/Monobloco10.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.