REUTERS/Jessica Rinaldi/File Photo
REUTERS/Jessica Rinaldi/File Photo

Primeiro ministro do Canadá presta homenagem a Leonard Cohen: 'lendário'

Justin Trudeau usou as redes sociais para falar sobre o cantor e compositor, morto na quinta-feira, 10 de novembro

O Estado de S. Paulo

11 Novembro 2016 | 08h48

O primeiro ministro do Canadá, Justin Trudeau, emitiu um comunicado sobre a morte do seu conterrâneo, o músico e escritor Leonard Cohen. "É com grande pesar que soube hoje da morte do lendário Leonard Cohen", diz Trudeau na nota.

Trudeau opinou em sua conta no Twitter que "a música de nenhum outro artista foi sentida ou soou como a de Leonard Cohen. E ainda assim, seu trabalho ressoou através de gerações. O Canadá e o mundo vão sentir muitas saudades".

E continuou: "Leonard Cohen conseguiu alcançar as conquistas artísticas mais altas, tanto como um aclamado poeta quanto como um cantor e compositor mundialmente conhecido. Ele será carinhosamente lembrado por seus vocais graves, seu humor autodepreciativo e as letras evocativas que fizeram suas canções as favoritas de tantas gerações".

O ministro reafirmou que Cohen é tão relevante hoje quanto era nos anos 1960, e relembrou a condecoração concedida em 2003, a Companion of the Order of Canada. "Em nome de todos os canadenses, Sophie e eu desejamos expressar nossa mais profunda simpatia à família, amigos, colegas e muitos fãs de Leonard Cohen."

Mais conteúdo sobre:
CanadáLeonard CohenTwitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.