Instagram/@pretagil
Instagram/@pretagil

Preta Gil, que cantou no casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, está com coronavírus

Cantora relata que começou a sentir calafrios na quarta-feira, 11, à noite

Gabriela Marçal, O Estado de S.Paulo

14 de março de 2020 | 15h06

Preta Gil revelou neste sábado, 14, que um exame apontou positivo para o novo coronavírus. A cantora se apresentou no casamento da influenciadora digital Marcela Minelli, irmã de Gabriela Pugliesi que também foi vítima da pandemia. Também participaram da festa em Itacaré, no sul da Bahia, três convidados que foram diagnosticados com covid-19.

A artista contou que não se preocupou muito quando ficou sabendo da presença de pessoas com o novo coronavírus no evento em que se apresentou, pois não entrou em contato com esses convidados. No entanto, ela procurou seus médicos que a orientaram aguardar. "Procurei meus médicos e eles disseram 'sem sintomas não adianta fazer exames, nem é recomendado para não superlotar os hospitais."

Preta relatou ter começado sentir calafrios "surreais" na madruga de quarta-feira, 11, e ter tido muita dor de cabeça. "Acordei na quinta-feira com muita dor de cabeça, com calafrio, com dor no corpo, uma ligeira dor de garganta. Fui para o hospital e a partir do momento que eu fiz o exame já me coloquei em isolamento por recomendação médica", disse.

Segundo a cantora, o resultado do teste saiu nesta manhã. "Eu imagino que eu peguei de outra pessoa, que já pegou dessas três pessoas, que eu tive mais contato".

"Estou bem. Nessa hora é a cabeça que a gente tem que cuidar. No corpo físico, estou com esses sintomas, com um pouco de dor de cabeça, mas vou melhor se Deus quiser já, já."

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Show de Preta Gil em Ribeirão Preto foi cancelado

A cantora, que já não pode participar de uma campanha publicitária que estava marcada para esta sexta-feira, 13, também explicou o motivo do cancelamento de seu show na formatura da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-USP) que ocorreria neste sábado, 14.

"Vocês sabem muito bem que por recomendação médica, obviamente, não tenho o que fazer a não ser ficar aqui em reclusão, em isolamento", afirmou. 

Veja também: Museus fechados devido ao coronavírus

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.