AP Photo/Schalk van Zuydam, File
AP Photo/Schalk van Zuydam, File

Prestes a fazer show no Brasil, Mos Def deixa a África do Sul depois de quase um ano preso no país

Estrela do hip hop faz um dos últimos shows de sua prolífica carreira em São Paulo, no dia 2 de dezembro

AP

23 Novembro 2016 | 11h18

JOANESBURGO - A estrela do hip-hop Yasiin Bey, conhecido como Mos Def, deixou a África do Sul depois de chegar a um acordo com as autoridades locais que o acusaram de violar as leis de imigração do país.

O departamento de política interna da África do Sul confirmou nesta quarta-feira, 23, que Bey tinha deixado o país na terça-feira, 22, depois de se desculpar ao governo. As acusações contra ele serão retiradas.

Em janeiro, Bey foi preso na Cidade do Cabo depois de uma tentativa de sair do país usando um documento chamado "world passport", que a África do Sul não reconheceria como válido. O governo diz que Bey então aplicou para um passaporte americano (ele é cidadão dos EUA, mas não usava o passaporte por questões sociais).

Na próxima semana, na sexta-feira, 2, o rapper desembarca em São Paulo para um show único, no Cine Joia, já com ingressos esgotados.

Bey anunciou que está se aposentando da música, e os shows finais devem ocorrer ainda este mês em Nova York e Washington D.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.