Presidente do Rock in Rio: 'Não faço show para crítico, faço show para as pessoas'

Roberto Medina diz que "fãs de Metallica e Iron Maiden gostam de repetição"

Pedro Antunes , O Estado de S. Paulo

27 de setembro de 2015 | 17h49

A atual edição do Rock in Rio, encerrada neste domingo, 27, trouxe alguns nomes repetidos, casos de Metallica, Slipknot, Rihanna, Katy Perry, entre outros. Roberto Medina, presidente e criador do festival, explicou que o evento não é feito para críticos de música, mas, sim, para fãs das bandas citadas.

"A questão da repetição dos artistas. O cara que é fã do Metallica, do Iron Maiden, ele ama repetir. Eu não faço show para críticos. Eu faço show para as pessoas", disse ele. "Eu quero que as pessoas gostem. Quando eu recebo uma nota do público de 9,3, quando o máximo é dez, quer dizer que eu acertei muito. Algumas pessoas olham para isso de um jeito muito pesado. Mas isso aqui é uma festa."

A sexta edição do Rock in Rio no Rio de Janeiro chega ao fim neste domingo, com apresentação da cantora pop Katy Perry.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    rock in rioroberto medina

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.