Presidente da BMG pede que cantores parem de compor

O magnata da música Clive Davis, queajudou a lançar estrelas como Whitney Houston e Alicia Keys,disse que os cantores deveriam se concentrar no que sabem fazermelhor e não se sentir pressionados a compor suas própriascanções. Presidente e executivo-chefe do BMG Label Group, Davisdisse que já viu muitos artistas fracassarem em suas carreiraspor não se concentrarem em procurar canções que farão sucesso,independentemente de quem as compôs. "A vantagem está sempre está contra você", disse Davis, de75 anos, no Simpósio Billboard de Música e Dinheiro, naquinta-feira. "Você precisa procurar o material melhor, e o critério deescolha deve ser esse, não importa de quem seja a música. Nãoimporta quantas canções número 1 você escreveu no passado --você tem uma canção número 1 nova?". Quando Whitney Houston o procurou, depois de seu segundo outerceiro álbum, e perguntou se deveria começar a compor, Davisdisse a ela: "Billie Holiday, Ella Fitzgerald, BarbraStreisand, Frank Sinatra não compunham e estão entre os maioresartistas do século segundo a revista Time." Ele afirmou que entre 80 e 90 por cento dos artistas com osquais vem trabalhando há mais de quatro décadas compunham seuspróprios materiais. Nos últimos anos, porém, mais artistas quenão compõem vêm alcançando o estrelato graças ao programa detalentos "American Idol", que descobre novos cantores. No ano passado, Davis teve um desentendimento público comKelly Clarkson, a primeira vencedora do "American Idol", devidoa divergências criativas relativas ao terceiro álbum dela, "MyDecember", no qual ela co-escreveu todas as canções. "Ela não foi contratada como cantora e compositora", disseDavis, acrescentando que o empresário de Clarkson achou que oálbum renderia pelo menos seis sucessos, mas pesquisas demercado não tinham apontado nenhum. "Essa questão só se coloca quando se trata de artistas quepodem ou não ter a habilidade de compor canções pop", disseele. O segundo álbum de Clarkson vendeu 11 milhões de cópias emtodo o mundo, de modo que, segundo Davis, as apostas em jogosão altas. "My December" vendeu apenas 754 mil exemplares desde quefoi lançado, em junho de 2007. Davis e Clarkson resolveram suas diferenças pouco após olançamento do álbum, e agora estão trabalhando sobre um novodisco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.