Prêmio Visa faz terceira eliminatória

Por ordem de apresentação: o cantorBerbel e as cantoras Luciana Alves, Ana Luiza e Paula Santorosão os candidatos da noite desta quarta-feira do 5.º Prêmio Visa deMPB - Edição Vocal. Cantam a partir das 21h no EspaçoPromon. A entrada é franca e pode ser retirada no local após as14h. Esta será a terceira eliminatória da edição doprêmio que contempla os intérpretes vocais. Ao todo, serão seiseliminatórias, com quatro concorrentes participando de cada uma.Dos 24, metade vai para a segunda fase do prêmio, a semifinal, edestes, cinco serão selecionados para a finalíssima, a serrealizada no dia 19 de julho. Criado em 1998, produzido pela Rádio Eldorado epatrocionado pelos cartões Visa, o prêmio é o mais importante damúsica popular brasileira - o simples fato de participar deletornou-se item curricular para os que estiveram em ediçõesanteriores. Além disso, o Prêmio Visa contempla os cincofinalistas com um total de R$ 200 mil. O primeiro colocadorecebe R$ 100 mil e tem o direito de gravar um disco pelaGravadora Eldorado. O segundo colocado recebe R$ 50 mil; oterceiro, R$ 30 mil; e os outros dois, R$ 10 mil, cada um. O primeiro candidato desta quarta-feira, o cantor Berbel, nasceuem Pelotas, no Rio Grande do Sul, mas mora no Rio de Janeiro.Formado em publicidade, é ainda fotógrafo e produtor artístico.Começou a trabalhar com música em meados dos anos 80 e, paraacompanhar-se, depois escolheu o cajón, instrumento de percussão(na verdade, uma caixa, um caixote) tipicamente usado na músicaflamenca (embora tenha sido importado da América Latina para aEuropa: era instrumento improvisado dos escravosrecém-libertados, trabalhadores da estiva, da Argentina aoCaribe). Entre as músicas que escolheu para a apresentação, Berbel cantará Desafinado, de Tom Jobim eNewton Mendonça, e Tigresa, de Caetano Veloso. A paulistana Luciana Alves é a segunda candidata danoite. Ela já participou do Prêmio Visa, na edição de 1999, quetambém privilegiava os cantores. Ficou, na ocasião, entre os 12semifinalistas. Luciana, filha de músicos, tem 25 anos e éprofissional da área desde os 18. Participou do grupo NotíciasDum Brasil, de Eduardo Gudin, cantou ao lado de Guinga, HermetoPaschoal, Paulinho da Viola, tem trabalhado nos mais recentesespetáculos de Antônio Nóbrega e faz parte do grupo docompositor André Hosoi. Entre os números que escoheu para aeliminatória estão A Noite do Meu Bem, de Dolores Duran, eOnde a Dor Não Tem Razão, de Paulinho da Viola. Depois dela, sobe ao palco do Espaço Promon a santistaAna Luiza, radicada na capital paulista, voz respeitada nocircuito alternativo da boa música paulistana. Ex-professora (decanto, naturalmente) da Universidade Livre de Música, Ana Luizatem um disco lançado, independente, que leva seu nome e contacom arranjos de um dos músicos que vão acompanhá-la na quarta, opianista Luís Felipe Gama. Também faz parte do grupo oguitarrista Natan Marques, que foi titular, por longos anos, dabanda que tocava com Elis Regina. No repertório de Ana Luiza estarão, entre os quatronúmeros obrigatórios, dois originais de Tom Jobim: Modinha,que tem letra de Vinícius de Morais, e Retrato emBranco-e-Preto, de Tom e Chico Buarque. Radicada no Rio de Janeiro, a candidata que encerra anoite, Paula Santoro, nasceu e foi criada em Belo Horizonte.Participou do grupo vocal mineiro Nós & Voz, cantou em trilhassonoras de novelas e minisséries televisivas (Aquarela doBrasil, Chiquinha Gonzaga, Ana Raio e Zé Trovão),atuou em musicais (Manoel, o Audaz, com música de ToninhoHorta, Mulheres de Holanda, com músicas de Chico Buarque, Um Cara Bacana, com músicas de Aldir Blanc). Paula gravou com Hélio Delmiro e participou do showbrasileiro realizado na França, durante a Copa do Mundo de 1998,ao lado de Fernanda Abreu, Gilberto Gil, Skank. Seu primeirodisco-solo é o CD Prato Feito, lançado em 1997 pela ParadoxxMusic. Para a noite de amanhã, selecionou gêneros que vão dacanção Resposta ao Tempo, de Cristóvão Bastos e ChicoBuarque, ao afro-samba Iemanjá Rainha, de Moacyr Luz e AldirBlanc.Serviço 5.º Prêmio Visa de MPB - Edição Vocal. Quarta-feira às21h. Entrada franca (os convites devem ser retirados apartir das 14h). Espaço Promon. Avenida JuscelinoKubitschek, 1.830, em São Paulo, tel. 3274-6771

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.