Prêmio dá vitrine a discos ignorados pelo público

Discos que foram sucesso de crítica, masnão conseguiram conquistar o público, ganham uma nova chancedaqui a três meses. É quando sai a lista de vencedores doShortlist Music Project, que está em sua segunda edição. Oprêmio, baseado no projeto britânico Technics Mercury MusicPrize, ganha cada vez mais destaque no mundo pop e pode mesmoajudar novos artistas de talento a aumentar seus números devendas.Uma lista inicial com dezenas de escolhas para o prêmio vai serdivulgada em breve. A seleção vai ser feita por um painel de 15juízes, que inclui Beck, Mos Def, Kim Gordon (Sonic Youth), osdiretores Baz Lurhmann e Spike Jonze, Lars Ulrich (Metallica),India.Arie, Albert Hammond Jr. e Nick Valensi (The Strokes), TheNeptunes e o produtor Gustavo Santaolalla. Cada um deles vaiindicar cinco discos, que devem ter sido lançados em julho de2001 e agosto deste ano. Os trabalhos da "lista longa" tambémnão podem ter vendido mais de 500 mil unidades até a indicação.Da lista completa, com as 45 indicações, cada um deles vai terde escolher 10 discos. Os mais votados viram a tal "lista curta" a que se refere o nome do prêmio, e da qual sai o vencedor na noite da premiação. A festa do Shortlist Music Project vai ser realizada em 29 de outubro naKnitting Factory de Los Angeles.O prêmio ao vencedor ainda não foi determinado,mas deve ser maior do que o do ano passado. Em 2001, Sigur Rós,da Islândia, levou US$ 10 mil e ainda pôde doar US$ 10 mil paraqualquer instituição de caridade relacionada com os ataquesterroristas de 11 de setembro. O álbum vencedor foi AgaetisByrjun, lançado nos Estados Unidos pelo selo Fat Cat.Os patrocinadores deste ano ainda não foram arranjados, mas hárumores de que alguma grande loja de CDs estaria interessada.Uma das idéias é que a loja distribua mini-CDs de "amostragrátis" com o trabalhos dos finalistas da "lista curta". Noano passado, a premiação foi patrocinada pela Virgin Records,que não vai estar envolvida este ano.A idéia do Shortlist Music Project é tentar colocar em exposiçãona mídia o trabalho criativo de um artista estreante. De quebra,por conta das listas "longa" e "curta", outros finalistastambém ganham um certo destaque na imprensa. Não foi revelado oimpacto que o prêmio de estréia teve nas vendas do disco deSigur Rós no mercado americano. A "lista curta" do prêmio deestréia também incluiu The Dandy Warhols, Gorillaz, PJ Harvey,Air, Ryan Adams, Jay Dee, Talib Kweli & Hi Tek, Nikka Costa eBilal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.