Prêmio Carlos Gomes busca parceiros

Todo ano é a mesma coisa. Após a entrega dos troféus para os melhores do ano, Alice Carta e cia. precisam sair atrás de patrocinadores dispostos a bancar a edição seguinte do Prêmio Carlos Gomes, que entra em sua sétima edição procurando parceiros para premiar os destaques da música erudita e da ópera nacional."Aos poucos, queremos criar uma tradição de valorizar os artistas brasileiros, tentando ajudar, de certa forma, a mostrar que, quando bem-feitas, as coisas vão acontecendo", diz Alice Carta, produtora responsável pelo prêmio que, no ano passado, teve sua primeira edição nacional. "Nossa intenção é, um dia, estender o prêmio a todo o Mercosul, propondo até uma maior colaboração e um intercâmbio entre os artistas da região."O ano passado também trouxe como novidade a votação popular. Pela Internet, pode-se votar em seus artistas preferidos, dando a eles também o importante retorno do público em relação a sua atividade. A votação oficial segue o seguinte critério: um colegiado com especialistas, críticos e produtores de todo o Brasil escolhe três indicados para cada categoria. Dentre eles, pouco antes da cerimônia de entrega (que está marcada para 25 de setembro, na Sala São Paulo), um júri - também escolhido pelo colegiado - escolhe o vencedor.Ao longo desses sete anos de premiações, o Carlos Gomes contou com o apoio de parceiros importantes como o Bradesco que, desde a segunda edição, investe anualmente no evento. Alice Carta lembra que também os cartões Visa já demonstraram interesse em patrocinar o prêmio.Para 2002, o valor total do patrocínio é de R$ 480 mil. Alguns importantes parceiros já fecharam, segundo Alice, apoios que preenchem um terço deste valor, como o próprio Bradesco e o Ministério da Cultura, que vai possibilitar que, pela primeira vez - além do troféu -, os vencedores recebam prêmios em dinheiro. Alice também lembra que está em conversas com a Secretaria Municipal de Cultura para programar um concerto no Parque do Ibirapuera com os artistas premiados.Em troca do patrocínio, o Prêmio Carlos Gomes - que está cadastrado na Lei Rouanet - dá ao investidor retornos provenientes da mídia impressa, dos banners, cartazes, programas de sala, convites, Internet, entre outros. Os interessados devem entrar em contato com a Alice Carta Promoções pelos telefones (0-11) 3062-2745 ou (0-11) 3064-4467.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.