Prefeitura de SP presta homenagem a Geraldo Filme

O sambista Geraldo Filme, ex-funcionário da Anhembi, será homenageado neste fim de semana. No domingo, a praça de samba do setor 3 do sambódromo recebe o nome do compositor, morto em 1995. Famoso por sua simpatia e bom humor, ele chegou a gravar dois discos, com Clementina de Jesus e Tia Doca.Nascido em São João da Boa Vista, no interior do Estado, Filme mudou-se com a família para São Paulo aos 2 anos. Aos 10, compôs sua primeira canção, Eu vou Mostrar. A paixão pelo samba foi herança de família. O pai, além de marceneiro, era músico. A mãe, dona de uma pensão, fundou um cordão carnavalesco formado só por mulheres negras. O grupo funcionava como uma entidade de valorização racial e social de empregadas domésticas. Anos depois, o cordão deu origem à Escola de Samba Paulistano da Glória.Ao longo da vida, Filme assinou sambas-enredo de escolas como Unidos do Peruche e Vai-Vai. "Ele recolhia as notas dos jurados após os desfiles, uma participação de responsabilidade", afirmou o coordenador operacional do Departamento de Carnaval do Anhembi, Milton Barbosa.Seminário - O compositor também empresta seu nome ao Seminário Geraldo Filme, organizado pelo Anhembi, com apoio da Prefeitura. O objetivo do evento, iniciado hoje, é discutir, organizar e planejar o carnaval de São Paulo em 2002.De acordo com Barbosa, 900 pessoas devem participar dos trabalhos, nos três dias. Uma das preocupações dos organizadores do encontro é garantir melhor infra-estrutura para o carnaval nos bairros.De acordo com a carnavalesca Edleia dos Santos, presidente da União das Escolas de Samba Paulistana (Uesp), neste ano, enquanto 64 mil pessoas assistiram ao desfile do escolas do Grupo Especial no sambódromo, na sexta e no sábado, cerca de 1 milhão participaram da festa na periferia. "Só em Cidade Ademar houve a participação de aproximadamente 220 mil pessoas", disse Edleia. Em sua opinião, é preciso oferecer mais segurança, iluminação adequada, postos de água potável e banheiros químicos para a população que participa do evento.No domingo, após o encerramento do Seminário Geraldo Filme, haverá no sambódromo um show gratuito, aberto ao público, com Leci Brandão e Rappin´Hood (Sou Negão), a partir das 10 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.