AP Photo, File
AP Photo, File

Prefeitura de São Francisco nega permissão para evento que celebraria o 'Summer of Love'

Movimento que nasceu na cidade da Costa Oeste dos EUA completa 50 anos em 2017

AP

10 de fevereiro de 2017 | 11h58

SÃO FRANCISCO - A prefeitura de São Francisco, nos EUA, negou permissão para a realização de um evento que celebraria os 50 anos do "Verão do Amor" (Summer of Love), movimento contracultural de 1967. Um show que tinha previsão de atraiar dezenas de milhares de pessoas no Golden Gate Park, gratuito, está agora ameaçado.

O produtor Boots Hughston disse que ele já tinha agendado mais de 20 artistas, entre eles os remanescentes do Jefferson Airplane, da Big Brother and the Holding Company (banda de Janis Joplin), e do Santana. "O Verão do Amor começou no Polo Field, em São Francisco. Esse evento celebra todo o movimento", disse Hughston. "Cancelá-lo é como dar um tapa na cara de São Francisco, e no resto do mundo, a bem da verdade."

O San Francisco Recreation and Parks Department disse que Hughston apresentou "numerosas contradições" sobre como a segurança e o controle do público seriam feitos, deixando-os preocupados com o bem estar da audiência. Segundo o departamento, os produtores também não deixaram claros a quantidade de locais para atendimento médico, e divulgaram o evento antes mesmo de garantir o alvará.

Hughston se defendou citando sua reputação que remonta os anos 1970, e dizendo que o departamento lhe concedeu permissão há duas semanas para divulgar o evento. Ele disse que vai apelar da decisão e ainda espera que o evento seja realizado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.