Pop ganha maioria das indicações do Video Music Awards

A música pop americana atingiu o nível mais baixo dos últimos anos. É o que se pode constatar com a divulgação da lista dos indicados para o primeiro Video Music Awards do novo milênio. O prêmio da MTV deve ir parar nas mãos dos integrantes do ´N Sync, de Britney Spears ou Eminem. Foi-se o tempo em que Beck, Smashing Pumpkins e Madonna eram as atrações do evento.Cada vez mais interessada em um público jovem, a emissora de música tem sido uma das maiores forças a impulsionar o fenômeno das boy bands, tendo trasnformado o ´N Sync em quase funcionários da casa. Assim, não é surpresa que o grupo esteja concorrendo a seis prêmios com seu vídeo de Bye, Bye, Bye. Ao garantir o sucesso do ´N Sync, a MTV passou por cima até dos Backstreet Boys, coitados, atração de "ontem" que parece muito antiga para concorrer a alguma estatueta.Mas muitas outras ironias estão no VMAs. Um rapper branco (Eminem, que deve entrar em sua décima semana no primeiro lugar da parada) tira a atenção de outros nomes de peso (Puff Daddy, quem?); o Red Hot Chili Peppers é posicionado para dar um pouco de "pedigree" ao prêmio de melhor clipe do ano; Björk e Chemical Brothers ganham vaga de consolação na categoria de "vídeo inovador".Moby, por sua vez, ganha a chance de concorrer como melhor clipe masculino - talvez para justificar o fato de que, com toda a explosão da electronica, a categoria de melhor vídeo de dance music tenha Britney Spears, Jennifer Lopez, ´N Sync, Ricky Martin e Sisqo (ninguém por lá ouviu falar de fenômenos do ano passado como Breakbeat Era, DJ Rap e Basement Jaxx?).A categoria de melhor vídeo de rock é uma das que parecem mais justas. Concorrem Creed (Higher), Kid Rock (Cowboy), Korn (Falling Away From Me), Limp Bizkit (Break Stuff), Metallica (I DisappearM) e Rage Against The Machine (Sleep Now In The Fire).Uma das poucas indicações realmente merecidas são as de Macy Gray, que concorre como melhor vídeo feminino e melhor vídeo de um artista novo (I Try). Na primeira categoria, ela vai ter de enfrentar Britney Spears, Christina Aguilera, Toni Braxton e Aaliyah, enquanto na segunda os concorrentes são Aguilera, Papa Roach, Pink e Sisqo.A cantora, espécie de mistura de Billy Holiday com Neneh Cherry, está atualmente abrindo os shows de Santana nos Estados Unidos, mais um bem-sucedido passo em seu processo de "laurynhillização". Hill, por sua vez, ainda capitaliza em cima de seu disco The Miseducation of Lauryn Hill, de 1998, concorrendo nas categorias de melhor clipe de hip hop e melhor direção por Everything Is Everything. O VMA vai ser realizado no Radio City Music Music Hall, em Nova York, no dia 7 de setembro, com apresentações de (claro) N´ Sync, Spears e Red Hot Chili Peppers.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.