Polícia interfere em briga entre Ronnie Wood e namorada

Discussão foi entre o músico dos Rolling Stones e sua namorada, a russa Ekaterina Ivanova, que ameaçou suicídio

EFE,

16 de setembro de 2009 | 16h01

A polícia teve de ir à casa de Ronnie Wood, em Londres, por causa de uma acalorada discussão entre o músico dos Rolling Stones e sua namorada, Ekaterina Ivanova, que ameaçou suicídio, publicou nesta quarta, 16, o jornal Daily Mirror.

 

A Scotland Yard confirmou que os policiais foram até o local na madrugada de segunda-feira, depois do chamado de um vizinho.

 

"Os policiais estiveram na casa, como não houve delito ninguém foi preso", detalhou nesta quarta-feira uma porta-voz da polícia.

 

Segundo o Daily Mirror, o músico de 62 anos teve uma briga com a namorada, de 20 anos, que repetia aos gritos que iria se matar.

 

A discussão começou após uma festa na mansão de Wood, avaliada em 5 milhões de libras (cerca de 5,7 milhões de euros), informou o periódico.

 

Segundo os vizinhos, o barulho era estrondoso e os dois se insultavam o tempo todo.

 

Wood e a jovem russa se conheceram no ano passado e este foi o motivo da separação do guitarrista da sua ex-mulher, Jo, com quem ele ficou casado por 23 anos, afirmou o jornal.

Tudo o que sabemos sobre:
Ronnie WoodRolling Stones

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.