Phil McCarten/ Reuters
Phil McCarten/ Reuters

Polícia encerra investigação sobre morte de Whitney Houston

Cantora foi encontrada morta na banheira de um hotel em Beverly Hills no mês de fevereiro

Reuters

11 de abril de 2012 | 18h31

A polícia de Beverly Hills informou nesta quarta-feira que encerrou a investigação sobre a morte da cantora Whitney Houston após concluir que não se tratou de um crime.

"Baseado nas descobertas de nossa investigação e na revisão do relatório do médico legista, determinamos que esta não é uma questão criminal", disse o departamento de polícia de Beverly Hills em comunicado, acrescentando que a "investigação está oficialmente encerrada".

Houston, de 48 anos, foi encontrada morta na banheira de um hotel no dia 11 de fevereiro.

Um relatório do departamento legista de Los Angeles apontou que a cantora morreu após afogamento acidental em decorrência dos efeitos do uso de cocaína e de doença cardíaca.

Tudo o que sabemos sobre:
Whitney Houstonmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.