AP
AP

Polícia alemã prende homem vinculado ao roubo de objetos de John Lennon

Entre os quais óculos e vários diários escritos pelo músico britânico

EFE

21 de novembro de 2017 | 15h35

O Ministério Público de Berlim informou nesta segunda-feira, 20, da detenção na capital alemã de um homem suspeito de tentar comercializar "valiosos" objetos pessoais de John Lennon roubados em 2006 da sua viúva Joko Ono em Nova York.

Em comunicado divulgado pela polícia e pela procuradoria, o porta-voz do Ministério Público de Berlim, Martin Steltner, explicou que os objetos, entre os quais há óculos de Lennon e vários diários escritos pelo músico britânico, foram detectados em Berlim em 2014 e confiscados, embora a detenção do suspeito não tenha acontecido até hoje.

O homem, de 58 anos, é investigado por fraude e receptação e há um segundo suspeito que se encontra na Turquia e não pode ser detido por enquanto, acrescentou Steltner.

O porta-voz disse ainda que a investigação segue em curso, razão pela qual os objetos confiscados seguirão em poder das autoridades de Berlim.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.