Polêmicas marcam a entrega do VMA 2000

Foi o Video Music Awards mais polêmico dos últimos tempos. Protestos contra a homofobia e a misoginia de Eminem, piadas sobre a Napster, vaias a Lars Ulrich (do Metallica), uma invasão do palco que durou mais de 10 minutos, a "paz" entre Britney Spears e Christina Aguilera, a aparição surpresa de Whitney Houston e Bobby Brown A edição 2000 do prêmio de videoclipes da MTV americana teve tudo isto em uma transmissão ao vivo de mais de três horas de duração direto do Radio City Music Hall, em Nova York.Eminem foi o grande vencedor do VMAs. O rapper levou os prêmios de melhor vídeo do ano e melhor vídeo de um artista masculino por The Real Slim Shady (além de melhor vídeo de rap, por sua parceria em Forgot About Dre, de Dr Dre). O rapper também apresentou a canção no palco com a ajuda de dezenas de sósias. Ele começou a cantar a música do lado de fora do teatro, no mesmo local em que horas antes tinha ocorrido o protesto de um grupo gay (a Gay and Lesbian Alliance Against Defamation) contra suas letras violentas."Eu quero agradecer aos fãs, antes de mais nada", disse ele em seu último discurso. "Na verdade, toda vez que algum parente me processa, toda vez que um crítico tenta me destruir na imprensa, meu álbum tem mais cópias vendidas. Eu realmente gostaria de agradecer vocês por terem transformado meu disco em um sucesso deste tamanho." Nos últimos meses, Eminem foi processado pela mãe, pela mulher (da qual também está em uma ação de divórcio), foi preso por bater em um sujeito e teve suas letras criticadas por muita gente, mas vendeu 6 milhões de cópias de The Marshall Mathers LP (apenas nos Estados Unidos).Bons moços - Os bons moços do VMAs foram o ´N Sync, que levou três prêmios para o hit Bye, Bye, Bye (melhor vídeo pop, melhor coreografia e melhor vídeo na votação do público). No quesito pop teen, Britney Spears e Christina Aguilera não levaram nada, mas deram um tempo em boatos sobre sua rivalidade ao apresentarem juntas a entrada-surpresa de Whitney Houston e Bobby Brown. A diva, que a imprensa diz ter problemas com drogas e está em uma fase complicada, comemorou a liberdade (Free, free, free!) de seu marido, Bobby Brown, que passou uma temporada na cadeia recentemente.Na competição de quem chama mais atenção, Britney levou a melhor em relação a Aguilera. A sensação teen entrou no palco com um smoking brilhante e cantando (I Can´t Get No) Satisfaction, dos Rolling Stones, até que tirou a roupa e ficou apenas com um modelo colado no corpo, cor da pele. Ela não é tão inocente mesmo e, segundo o apresentador Marlon Wayans (anfitrião da festa ao lado de seu irmão Shawn), passou rápido do "Clube do Mickey Mouse para o clube de strip-tease".O momento mais dramático da cerimônia foi quando o baixista Timmy Commerford, do Rage Against the Machine, fez um protesto por conta da vitória do grupo Limp Bizkit na categoria de melhor vídeo de rock, por Break Stuff. Ele subiu em um cenário do palco (na forma da coroa da Estátua da Liberdade) e gritou alguns impropérios para a banda. Ele ficou ali por uns 10 minutos, cercado por dezenas de seguranças, até que, finalmente, foi preso.A polêmica em relação ao Napster não podia ter ficado de fora. O fundador do web site de troca de arquivos de música, Shawn Fanning, apresentou uma categoria vestido com uma camiseta do Metallica, seu desafeto maior. O público do Radio City Music Hall, pelo jeito, apóia o controverso web site, inimigo número um das gravadoras. Quando Lars Ulrich, líder do Metallica, subiu ao palco, foi vaiado em grande estilo e parecia surpreso.Os VMAs deste ano não foram dominados por nenhum artista. Ao contrário da premiação do ano passado, na qual Lauryn Hill se consagrou, os prêmios deste ano f. Com dois prêmios cada, ficaram Aaliyah, Macy Gray, o Red Hot Chili Peppers e Björk.Confira a seguir a lista dos vencedores: Categoria Clip Vencedor Artista Melhor vídeo The Real Slim Shady Eminem Vídeo de artista masculino The Real Slim Shady Eminem Vídeo de artista feminina Try Again Aaliyah Vídeo de grupo All the Small Things Blink 182 Vídeo de rap Forgot About Dre Dr. Dre com Eminem Vídeo de R&B Say My Name Destiny´s Child Vídeo de hip hop Thong Song Sisqo Melhor direção Californication Red Hot Chili Peppers Vídeo de dance music Waiting for Tonight Jennifer Lopez Vídeo de rock Break Stuff Limp Bizkit Vídeo pop Bye Bye Bye ´N Sync Artista novo I Try Macy Gray Vídeo de um filme Try Again Aaliyah Vídeo-revelação All Is Full of Love Björk Escolha do público Bye Bye Bye ´N Sync Coreografia Bye Bye Bye ´N Sync Efeitos especiais All Is Full of Love Björk

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.