Polêmica ofusca homenagem a Michael Jackson

Michael Jackson apareceu sorridente hoje à noite na festa de gala em Berlim para receber o prêmio Bambi, pelo conjunto de sua carreira, e o título de "artista pop do milênio". Mas a homenagem foi ofuscada pela polêmica que se instalou envolvendo seu filho caçula, conhecido como Príncipe Michael II, que ele exibiu perigosamente com uma só mão, da janela de seu quarto de hotel. Ao longo do dia, cogitou-se a possibilidade de a polícia abrir investigações para apurar se Jackson violou suas obrigações paternas, conforme a legislação alemã.À noite, porém, ao receber a homenagem do ex-jogador de tênis e ídolo alemão Boris Becker, o pop star contornou o assunto e tentou mostrar-se simpático. "Berlim, eu te amo", disse à platéia, em alemão. "Uma cidade tão cheia de energia é muito especial para mim", emendou. Vestido de preto, mandou beijos à platéia e num breve discurso disse às crianças alemãs que "lutem por seus sonhos, lutem por seus ideais". Os prêmios Bambi são os mais importantes do showbiz alemão. Também receberam os troféus de sua 54.ª edição a atriz Halle Berry e a cantora Anastacia.Os fãs de Michael Jackson preferiram ignorar acusações de que ele seja negligente como pai. "Ele não colabora com a imprensa, e por isso a imprensa tenta vingar-se", disse um adorador alemão do pop star. O pop star chegou a se desculpar publicamente pelo ato, ontem, enquanto grupos de fãs desfilavam com cartazes de protesto contra tablóides. Animado, Jackson pediu um dos cartazes e o exibiu de sua janela. E ainda mandou que servissem pizza aos fãs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.