Apple Records
Apple Records

Playlist reúne músicas do último show dos Beatles tocadas por outros artistas

A influência do quarteto de Liverpool se estendeu a gêneros dos mais diversos

André Cáceres, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2019 | 07h00

O último show dos Beatles, realizado há 50 anos no telhado da Apple Records, é uma oportunidade para avaliar a imensurável influência do Fab Four para a música pop.

Para celebrar esse evento, o Estado fez uma playlist dos Beatles com as músicas tocadas na última apresentação da banda regravadas por outros artistas. É possível notar como a importância do quarteto de Liverpool se estende para gêneros dos mais diversos, do jazz ao country, do soul ao grunge, da MPB ao reggae.

Nenhuma outra banda impactou tanto a indústria fonográfica a ponto de todas as suas músicas terem ganhado versões gravadas por outros artistas - somente a discografia dos Beatles foi capaz de uma façanha dessas.

Get Back

Get Back é a música mais executada durante o show dos Beatles no telhado da Apple Records. O quarteto de Liverpool tocou ao todo três takes dessa faixa ao longo de sua derradeira apresentação. Ela é também a canção mais reproduzida por outros artistas dentre as músicas desse setlist: há registros de mais de 140 versões tocadas em estilos variados. Ainda em 1969, Al Green, mestre do soul e do gospel, lançou um cover dela. O casal Ike e Tina Turner lançou o que talvez seja a versão mais enérgica de Get Back no ano seguinte. No disco A Night on the Town, de 1976, a voz rouca de Rod Stewart cantou Get Back para encerrar seu setlist. Em 1998, John Pizzarelli, um dos grandes nomes contemporâneos do jazz americano, fez um disco inteiro dedicado aos Beatles, com direito a Get Back na lista de faixas. Outras versões curiosas que se destacam são a do Amen Corner, uma banda de rock psicodélico do País de Gales; a do Status Quo, contemporâneos dos Beatles que fizeram seu cover apenas nos anos 1990; e a do Tribe Reggae Band, um grupo de reggae que lançou apenas um LP com covers de Beatles, Bee Gees, Stones e outros. Outros artistas renomados que chegaram a apresentar Get Back foram Sarah Vaughan, Elvis Presley e Crosby, Stills & Nash.

Don't Let Me Down

No mesmo ano do concerto no telhado, Don't Let Me Down foi regravado por Marcia Griffiths, uma cantora jamaicana de reggae que ainda era pouco conhecida na cena britânica, mas que viria a enfileirar hits nos anos 1970 e, entre 1974 e 1981, seria parte do I Three, o trio de backing vocals de Bob Marley, participando das gravações de álbuns antológicos como Catch a Fire e Natty Dread. Outra versão de vigor de Don't Let Me Down foi gravada em 1976 por Randy Crawford, cantora que já havia soltado a voz com ícones do jazz como George Benson e Cannonball Adderley.

I've Got a Feeling

I've Got a Feeling é uma prova de que os Beatles, por mais mainstream que fossem, influenciaram em grande medida o rock alternativo. Desde sua fundação, em 1990, o Pearl Jam, uma das principais bandas do grunge de Seattle, tem o costume de executar I've Got a Feeling em apresentações ao vivo. Já em 1988, o Laibach, uma banda de rock industrial da Eslovênia, que mistura uma estética militar com referências de música erudita, havia gravado um disco inteiro com covers do Let It Be, incluindo uma versão de I've Got a Feeling.

One After 909

Uma das duas músicas que não foram reprisadas durante o show no telhado, One After 909 tem diversas versões cativantes, como a do ícone do country Willie Nelson e a de Wilko Johnson, guitarrista do Dr. Feelgood, presente na antologia de covers Let It Be Revisited. Mas a mais interessante talvez seja a de Helen Reddy, cantora australiana importante nos anos 1970 que chegou a participar, ao lado de nomes como Etta James, Alice Cooper e Tina Turner, do filme musical inspirado no disco Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band e dirigido por Michael Schultz em 1978.

Dig a Pony

Um dos melhores covers de Dig a Pony foi gravado por Marisa Monte em um show em 2004. Mas ela não foi a única voz brasileira a cantar essa música: em 2009, um álbum tributo compilou covers de Jota Quest, Capital Inicial, Maria Gadú, Ivan Lins, Leoni, Leo Jaime, Wanderlea e outros artistas nacionais. Quem cantou Dig a Pony foi o Biquíni Cavadão.

Ouça a playlist com as músicas dos Beatles tocadas por outros artistas:

Mais conteúdo sobre:
Beatlesmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.