Plácido Domingo retira pólipo cancerígeno em cirurgia

Tenor espanhol foi submetido a uma intervenção cirúrgica em Nova York; volta aos palcos em abril, em Milão

EFE,

08 de março de 2010 | 18h02

O tenor espanhol Plácido Domingo foi submetido na semana passada em Nova York a uma cirurgia para a retirada de um pólipo cancerígeno no cólon e já se recupera em sua residência na cidade, informou nesta segunda, 8, sua representante nos Estados Unidos, Nancy Seltzer.

 

Domingo, de 69 anos, "deverá permanecer em repouso durante seis semanas" e espera estar de volta aos palcos no dia 16 de abril, em Milão, confirmou a mesma fonte por meio de um comunicado de imprensa.

 

O tenor espanhol recebeu alta no domingo dos médicos do hospital Mount Sinai, em Manhattan, onde na semana passada passou por uma laparoscopia.

 

Segundo as ordens de seus médicos, Domingo "descansará durante seis semanas" até sua total recuperação.

 

O artista "mantém suas responsabilidades administrativas como diretor-geral das óperas de Los Angeles e Washington durante seu processo de recuperação", diz a nota.

 

Por causa da internação, Plácido Domingo teve que suspender sua participação em Londres na ópera "Tamerlano", de Händel.

 

O tenor começou a sentir incômodos no abdômen no dia 13 de fevereiro durante uma apresentação em Tóquio.

 

Além de Milão, sua agenda profissional para os próximos meses inclui apresentações em Berlim, Zurique, Madri e Los Angeles.

Tudo o que sabemos sobre:
Plácido Domingo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.