Plácido Domingo renova contrato de diretor da Ópera de Los Angeles

Espanhol foi responsável pela direção de arte entre 2000 e 2003 e ainda ocupa o posto de diretor-geral da ópera nacional em Washington

Efe

21 de setembro de 2010 | 02h54

LOS ANGELES - O tenor espanhol Plácido Domingo renovou seu contrato como diretor-geral da Ópera de Los Angeles até 2013, segundo informou na segunda-feira, 20, a instituição à qual ele está vinculado desde 2000.

Domingo tinha em vigor um contrato de cinco anos que finalizava no final de junho de 2011, quando terminará a temporada de ópera que começa na próxima quinta-feira com a estreia de "Il Postino", obra em espanhol na qual o tenor interpreta o poeta chileno Pablo Neruda.

Como executivo da Ópera californiana, o espanhol foi responsável pela direção de arte entre 2000 e 2003, ano em que foi nomeado diretor-geral.

Entre seus trabalhos está a supervisão da companhia, o programa de espetáculos e a seleção dos cantores para os papéis principais das representações.

Aos 69 anos, Domingo continua em atividade sobre os palcos, dirige a Ópera de Los Angeles e ocupa o posto de diretor-geral da ópera nacional de Washington.

A estreia de "Il Postino", baseada no filme italiano de mesmo nome, lembra o 25º aniversário da ópera de Los Angeles, e foi realizada pelo mexicano Daniel Catán.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.