Plácido Domingo encena ópera dirigida por Zhang Yimou

Enquanto a Academia de Hollywood não anuncia os indicados ao Oscar como melhor filme estrangeiro, o cineasta chinês Zhang Yimou prepara sua segunda ópera lírica, "The First Emperor", escrita por Tan Dun. O espetáculo será encenado no Teatro Metropolitan de Nova York e contará com a participação do tenor espanhol Plácido Domingo. Domingo será o imperador Qin que, no século a.C., unificou a China, mas, por motivos de Estado, sacrificou também a felicidade da filha. A estréia está prevista para 21 de dezembro e os 4 mil espectadores do Metropolitan Ópera verão uma reconstrução da Grande Muralha, exigida pelo novo diretor, Peter Gelb. O novo filme de Zhang Yimou, "Curse of the Golden Flower", com Chow Yum Fat e Gong Li, foi escolhido pela China para tentar uma vaga no Oscar. O longa, que teve um custo de produção de US$ 45 milhões, possivelmente repetirá o sucesso mundial de "Herói" e "A Casa das Adagas Voadoras". O cineasta chinês já conquistou muitos prêmios desde sua estréia, com "Sorgo vermelho" (premiado em Berlim em 1987): "Lu Dou" (1990) foi indicado ao Oscar; "Lanternas Vermelhas" (1991) recebeu o Leão de Prata em Veneza e "A História de Qiu Ju" (1992) o Leão de Ouro. Com "Tempos de Viver" (1994) recebeu o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes; com "Nenhum a Menos" (1999) o Leão de Ouro em Veneza; e com "O Caminho Para Casa" (1999) o Urso de Prata em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.