Pink Floyd divulga primeira música do novo disco

'Louder than Words' integra CD duplo que será lançado em um mês

Jotabê Medeiros, O Estado de S. Paulo

10 de outubro de 2014 | 03h00

Única faixa do novo disco do Pink Floyd que é inteiramente cantada pelo guitarrista David Gilmour foi divulgada nesta quinta-feira: Louder than Words, a primeira canção do novo (e último, segundo Gilmour) álbum da banda inglesa.

O disco, The Endless River, já tem pré-reserva nas lojas virtuais e lançamento previsto para 10 de novembro. É o primeiro álbum da banda em 20 anos. Cunhado como um tributo ao multi-instrumentista Richard Wright, The Endless River tem letras inéditas sobre música composta por Wright pouco antes de sua morte, em 2008. É duplo, tem 18 músicas e foi finalizado por Gilmour e Nick Mason em novembro do ano passado, com ajuda de Phil Manzanera, do Roxy Music. Outros convidados do disco são o físico Stephen Hawking (cujos vocais são ouvidos na faixa Talkin’ Hawkin) e o quarteto eletrônico de cordas Escala.

“Nós ‘tretamos’ e brigamos/Mas essa coisa que fazemos é mais barulhenta que palavras/A soma de nossas partes/A batida de nossos corações/É mais barulhenta que palavras”, diz a letra, que foi escrita pela mulher de Gilmour, Polly Samson.

Em uma entrevista para a BBC de Londres, Gilmour disse: “Bem, Rick se foi. Essa é a última coisa que veio da gente”. E acrescentou: “Sim, tenho certeza que não vai ter uma sequência para isso”.

A música que se ouvirá no álbum foi gravada em 1993, quando David Gilmour, Nick Mason e Richard Wright rumaram para seu Britannia Row Studios, em Islington, e criaram mais de 100 peças musicais juntos, e registraram o resultado. Eles então levaram o resultado para o estúdio flutuante de Gilmour, o Astoria (fica dentro de um barco histórico modificado ancorado no Tâmisa), e outros músicos adicionaram instrumentos - Guy Pratt tocou baixo, Jon Carin tocou teclados e Gary Willins tocou percussão.

Depois disso, trabalharam algumas composições adicionais com o coprodutor Bob Ezrin, e lançaram o disco Division Bell. Eles não tinham intenção de utilizar as sobras, mas a morte de Wright, em 2008, mudou tudo.

The Endless River tem seu ponto de partida nas sessões de Division Bell, de 1993”, confirmou David Gilmour. “Ouvimos cerca de 20 horas de nós três tocando juntos e selecionamos a música que queríamos fazer funcionar no novo álbum. Ao longo do último ano, adicionamos novas partes, gravamos de novo outras e submetemos às novas tecnologias de estúdio para fazer um disco do Pink Floyd do século 21. Com a morte de Rick, e a chance de nunca fazer isso de novo, parece correto revisitar e retrabalhar faixas que deveriam estar disponíveis como parte de nosso repertório”.

Louder than Words evoca o universo instrumental de Marooned, uma das canções de Division Bell. É a última música do disco, a primeira é Things Left Unsaid. A loja virtual Amazon já reserva o pacote que inclui o CD duplo, Blu-Ray (stereo 5.1), libreto com 24 páginas, 3 cartões postais colecionáveis, além de 39 minutos de vídeo e áudio de fora do disco. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.